Divulgação

A região da Amurel voltou a apresentar o nível de risco potencial gravíssimo, segundo a nova atualização desta quarta-feira, 12, do painel de Risco do Governo de Santa Catarina.

Um encontro via videoconferência foi realizado durante a manhã entre os 18 municípios que compõe a Associação de Municípios da Região de Laguna para tratar da situação atual da pandemia nas cidades. Ainda não foram divulgadas novas medidas e segundo informações, os gestores devem aguardar as recomendações oficiais do governo estadual.

Além disso, as regiões do Alto Uruguai Catarinense, Grande Florianópolis, Serra Catarinense e Xanxerê também foram reclassificadas do risco grave para gravíssimo. Ao total, em Santa Catarina, 12 das 16 regiões estão com essa classificação.

A avaliação do risco potencial para Covid-19 visa orientar a regionalização e descentralização das ações relacionadas à contenção da pandemia em Santa Catarina.

Os níveis de risco são calculados a partir da combinação de 8 indicadores em 4 dimensões de prioridade de atuação local, que são isolamento social investigação, testagem e isolamento de casos, reorganização de fluxos assistenciais e ampliação de leitos.

Conforme o Risco Potencial para saúde de cada Região de Saúde, um conjunto de medidas é apresentado ao final. O monitoramento é semanal, e a divulgação da classificação das regiões ocorre às quartas-feiras.