Divulgação

Dois homens e três mulheres entraram para a lista de pacientes com diagnóstico positivo e com isso, o número de pessoas confirmadas com o coronavírus chega a 64. Os dados constam no boletim desta quarta-feira, 1º de julho.

Os perfis epidemiológicos dos novos pacientes são: um homem da Figueira (40 anos), um homem do Magalhães (46 anos), uma mulher do Progresso (21 anos), uma mulher do Mar Grosso (21 anos) e uma mulher do Parobé (26 anos).

Mais quatro pacientes estão curados. São eles: três homens homem; sendo um de 39 anos do Jardim Juliana, um de 36 anos da Esperança e um de 56 do bairro Mar Grosso, além de uma mulher, 47 anos do Mato Alto.

O total de pacientes recuperados chega a 33. Ao todo, 489 casos foram notificados e 391 foram descartados.

Ainda há 34 pacientes que aguardando resultados do Lacen.

Pacientes com vírus ativo em Laguna

  • um homem do Centro, 53, confirmado em 5 de junho;
  • uma mulher do Mar Grosso, 40 anos, confirmada em 15 de junho;
  • um homem do Portinho, 34 anos, confirmado em 17 de junho;
  • uma mulher do Portinho, 55 anos, confirmada em 18 de junho;
  • um homem do Magalhães, 43 anos, confirmado em 19 de junho;
  • um homem do Progresso, 33 anos, confirmado em 19 de junho;
  • um homem do Portinho, 23 anos, confirmado em 19 de junho.
  • um homem de Barranceira, 38 anos, confirmado em 22 de junho
  • uma mulher do Portinho, 29 anos, confirmada em 22 de junho
  • uma mulher do Centro, 36 anos, confirmada em 22 de junho
  • uma mulher da Esperança, 53 anos, confirmada em 26 de junho
  • uma mulher de Cabeçuda, 42 anos, confirmada em 27 de junho
  • uma mulher da Passagem da Barra, 67 anos, confirmada em 27 de junho
  • uma mulher do Magalhães, 69 anos, confirmada em 27 de junho
  • um homem de Cabeçuda, 30 anos, confirmada em 28 de junho
  • uma mulher de Cabeçuda, 29 anos, confirmada em 28 de junho
  • uma mulher do Progresso, 52 anos, confirmada em 28 de junho
  • um homem de Navegantes, 44 anos, confirmada em 29 de junho
  • quatro mulheres do Progresso, 47, 52, 38 e 36 anos, confirmada em 29 de junho
  • uma mulher do Centro, 44 anos, confirmada em 29 de junho
  • uma mulher da Esperança, 45 anos, confirmada em 29 de junho
  • duas mulheres do Campo de Fora, 34 e 35 anos, confirmadas em 29 de junho
  • um homem da Figueira, 40 anos, confirmada em 1° de julho
  • um homem do Magalhães, 46 anos, confirmada em 1° de julho
  • uma mulher do Progresso, 21 anos, confirmada em 1° de julho
  • uma mulher do Mar Grosso, 21 anos, confirmada em 1° de julho
  • uma mulher de Parobé, 26 anos, confirmada em 1° de julho

Santa Catarina chega a 27,2 mil pacientes com coronavírus

Segundo o boletim divulgado pelo governo do Estado, há 27.279 pacientes com teste positivo para Covid-19, sendo que 21.402 se recuperaram e 5.530 estão em acompanhamento. Nesta quarta-feira, o governador Carlos Moisés (PSL) informou que recebeu diagnóstico de que também está infectado pelo vírus. O chefe do Executivo se recupera em casa.

O coronavírus já causou 347 óbitos em Santa Catarina desde o início da pandemia. A taxa de letalidade é de 1,27%. De acordo com os dados, as mortes mais recentes são de cinco homens, sendo um de 66 anos residente em Blumenau, dois de Itajaí com 81 e 79 anos, um de Antônio Carlos com 76 anos e outro de São José, com 78 anos. Entre as vítimas está uma mulher de 87 anos residente em Florianópolis. Todos possuíam comorbidades e se encontravam na faixa etária de risco.

Já são 270 cidade com casos confirmados. O local com a maior quantidade de pacientes com Covid-19 é Chapecó, que registra 2.493 casos. Na sequência, aparecem Joinville (1.931), Itajaí (1.860), Blumenau (1.738), Balneário Camboriú (1.587), Florianópolis (1.468), Concórdia (1.238), Palhoça (699), Criciúma (651) e Navegantes (552).

A taxa de ocupação dos leitos de UTI pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Santa Catarina é de 67,2%. Isso significa que, dos 1.316 leitos existentes no estado, 432 estão livres e 884 estão ocupados, sendo 262 por pacientes com confirmação ou suspeita de infecção por coronavírus.

Brasil

O consórcio de veículos de imprensa registrou às 13h, desta quarta, que o país passou das 60 mil mortes, em mais de quatro meses. Os dados são compilados a partir de informações oficiais das secretarias estaduais de Saúde. Os números gerais são: 60.194 mortos e 1.426.913 casos confirmados.