Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Localizado na rua Santo Antônio, no Centro Histórico, a sede da Sociedade Recreativa União Operária é um dos espaços que fazem parte da história cultural da cidade de Laguna. Em obras desde 2019, a edificação teve a reforma concluída e será devolvida ao cotidiano social do município na próxima sexta-feira, 31.

O prédio é de 1850 e pertence à União Operária desde o começo do século XX. O restauro do edifício foi feito pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), autarquia do Ministério do Turismo, que investiu mais de R$ 728 mil no serviço.

Segundo informou o Iphan, entre as intervenções realizadas, estão: substituição dos sistemas elétrico e hidráulico, construção de novos sanitários, implantação de uma cobertura metálica no acesso ao prédio e recuperação do telhado. O prédio ganhou instalação de equipamento de prevenção à incêndio e toda a adequação do espaço segundo as normas de acessibilidade universal, garantindo mais segurança e conforto aos usuários.

As modificações na estrutura centenária permitiram que uma cozinha fosse construída, o que vai facilitar a realização de eventos no local, um antigo desejo do clube, que aluga o espaço para grupos culturais da cidade e sedia a realização de cursos, oficinas e aulas de capoeira, além de casamentos e festas de aniversário.

“O clube agora vai procurar naturalmente seus caminhos, os eventos relacionados ao samba e mais, com toda essa parcela para quem gosta da alegria. Vamos voltar com tudo, como se estivéssemos começando”, prevê o radialista João Batista Cruz, presidente do conselho fiscal e um dos mais antigos membros da sociedade recreativa. Uma campanha para que o clube arrecade novo mobiliário será iniciada em breve.

O ato de entrega das chaves da sede do clube será simbólico, sendo realizado sem presença de público, uma vez que eventos estão proibidos devido à pandemia do novo coronavírus.

Divulgação