Divulgação/Agora Laguna
 

Os prédios públicos continuam sendo alvo da criminalidade. Desta vez, o que poderia ser mais um caso de furto, foi convertido em um ato de vandalismo, já que nada pôde ser levado do local. O posto guarda-vidas três do Mar Grosso foi invadido neste fim de semana.

O Corpo de Bombeiros Militar (CBM) já iniciou o conserto do local. Os danos se resumem à uma porta danificada e uma grade, mas arrumar o estrago vai refletir no atendimento da corporação por alguns momentos neste domingo, 28. “Não tem nada dentro, só o prejuízo de arrumar e o tempo. Durante uma ou duas horas a cidade ficará sem o serviço do caminhão por causa de alguém, até terminarmos o reparo”, lamenta o tenente Henrique Schuelter, comandante da corporação.

Na alta temporada, os guarda-vidas do Gi e do Iró foram alvo de furto, com vários equipamentos levados e danos às estruturas, que são reformadas todos os anos pela corporação. “Nessa época de contenção de gastos, ter que gastar por causa de vandalismo é revoltante”, pontua.