Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Foi sob clima chuvoso que uma das mais aguardadas obras pela comunidade de Barbacena foi entregue após quatro meses de obra. O acesso Norte que inicia na BR-101 e corta as ruas do bairro para se ligar à avenida João Marronzinho está coberto de asfalto e pôs fim a uma das mais antigas promessas eleitorais feitas para os vizinhos da estrada. A cerimônia simbólica aconteceu neste sábado, 27.

Os moradores que por anos se acostumaram a conviver com a poeira em dias secos e uma estrada intransitável em dias chuvosos, agora se adaptam a uma realidade nova, podendo esquecer do passado. “É a realização de um sonho”, comenta o presidente da associação comunitária, Oscar Vicente. A previsão era concluir o trabalho em agosto, mas a construtora Qualidade, de Palhoça, conseguiu entregar faltando dois meses do prazo previsto.

A cerimônia de entrega foi simbólica, mas com ares de inauguração oficial. Apesar de apelos para que não houvesse aglomeração, muitas pessoas compareceram ao local do ato, entre representantes da prefeitura e moradores da comunidade. Um dos moradores, Vilson José Pedro, levou uma camisa que se tornou símbolo da luta pelo acesso. “Acesso Norte via Barbacena, já!”, dizia a vestimenta. O custou final da obra, após aditivos, ficou em R$ 7,35 milhões.

O acesso Norte tem 5,3 quilômetros de extensão. O asfalto começa na avenida João Marronzinho (Laguna Internacional), segue pela rua Arno João Jerônimo, corta o bairro Barbacena e se conecta à BR-101. A planta do acesso foi elaborada pelo governo estadual e foi cedida à prefeitura em maio de 2019. Um trecho com cerca de 30 metros, onde passa o trilho da Ferrovia Tereza Cristina, não foi asfaltado.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Histórico

Como foi relembrado em fevereiro, durante a cerimônia de assinatura da ordem de serviço para a obra, a construção do sonho começou ainda na gestão do ex-prefeito Célio Antônio (2005-2012, PT). Ressurgiu no governo de Everaldo dos Santos (2013-2016, PDT), mas à época a prefeitura deu prioridade às alterações na avenida João Marronzinho. Quatro anos atrás, em 2016, o ex-governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira (MDB), recuperou a ideia e prometeu que faria a obra assim que assumisse a gestão do Executivo.

“O projeto ficou pronto no segundo semestre de 2018 e eticamente deixei para o governador Carlos Moisés (PSL) lançar, mas ele não fez”, explicou Moreira em fevereiro deste ano. Na metade de 2019, a prefeitura conseguiu aprovação para financiamento pela Câmara de Laguna, para poder executar a obra por conta própria. 80% dos recursos vieram dos cofres do Banco de Desenvolvimento Regional do Extremo Sul (BRDE) e 20% da prefeitura.

Veja a inauguração