Reprodução
 

O uso de máscara será obrigatório em Pescaria Brava em qualquer tipo de ambiente a partir de quinta-feira, 25. O anúncio foi feito pelo prefeito Deyvisonn de Souza (MDB) em transmissão ao vivo feita pelo Facebook, nesta terça-feira, 23. O descumprimento às determinações prevê aplicação de multa entre R$ 53 e R$ 848, em valores aproximados.

A live foi feita pela prefeitura como uma forma de esclarecimento e atualização da situação do coronavírus no município. A transmissão contou com a participação do comandante da PM de Pescaria Brava, Claudemir Viana, do médico-infectologista Péricles Junior, e do secretário municipal de Saúde, Henrique Castro.

Pescaria Brava teve salto nas últimas três semanas, passando de um para 24 casos (14 ativos e 10 curados). “Não estamos fazendo isso porque a gente quer. Estamos vendo que a situação cada vez mais está se agravando e para que a gente não entre em um período vermelho, que tenha que fechar de novo o comércio ou tudo novamente, vamos tomar essa precaução”, disse Souza. “Em todo o território bravense tem que ter o uso da máscara”, defendeu Castro.

O decreto do Executivo deve sair já na edição de quarta-feira, 24, do Diário Oficial. No mesmo dia também será feito um trabalho de conscientização, informando à população sobre as determinações. Além de obrigar a população a usar a proteção facial, o decreto restringe o funcionamento de bares até 22h e limita a lotação a 50% da capacidade, com distanciamento de dois metros entre mesas e cada frequentador. O documento regulamenta que padarias e lanchonetes poderão vender produtos, mas sem poder servi-los no interior dos estabelecimentos.

A fiscalização ficará à cargo das polícias Militar e Civil, que ganharam atribuição estadual de autoridade sanitária. “Com esse decreto, a partir de quinta-feira, a polícia vai acompanhar a Vigilância Sanitária nas fiscalizações”, adiantou Viana. Souza também deixou claro que se a curva de confirmações continuar crescendo na cidade, medidas ainda mais restritivas devem ser adotadas por parte do poder público.

Assista: Transmissão sobre Covid-19 em Pescaria Brava