Depois de circular em grupos de aplicativo e de rede sociais, fotos e vídeos de motoristas de veículos 4×4 trafegando em dunas e pela orla de praias do município, a Fundação Lagunense do Meio Ambiente (Flama), se posicionou em nota postada nas redes sociais nesta segunda-feira, 25.

Um lugar tão lindo como este, merecia virar uma unidade de conservação municipal, não uma pista de rally”, comentou um internauta nas redes sociais.

Nos vídeos do último final de semana é possível ver a quantidade de lixo deixada nas dunas, como garrafas de cerveja, latas e plástico. Fotos ainda mostram placas alertando a proibição de circulação de veículos automotores na praia destruídas. “A Flama repudia veemente atitudes como essa e informa que tomará as medidas administrativas e judiciais cabíveis contra os responsáveis pelo dano ambiental”, diz o texto. (Leia a nota na íntegra no fim da matéria).

Já um jipeiro se mostrou indignado com a atitude do grupo. “Os vídeos retratam crimes ambientais, com veículos 4×4 originais em local inadequado, que em nada se aproxima ou se assemelha ao esporte off-road praticado por jipeiros de verdade. Os jipeiros e Jeep clubes de nossa região repudiam veementemente os atos presentes nos vídeos e, assim como as comunidades litorâneas, exigem que os motoristas de shopping, cujas placas aparecem nas filmagens, se apresentem imediatamente para reparar o dano ambiental causado, recolhendo todo o lixo por eles deixado ao longo do seu trajeto, pois praia não é lugar para carros, muito menos para porcos”, finaliza em nota de repúdio.

Como denunciar

A procuradoria jurídica da Flama irá analisar o caso para identificar a autoria dos dano ambientais, com auxílio do Ministério Público Federal. O órgão recomenda que denúncias sejam feitas através do email: fiscalizacaoflama@laguna.sc.gov.br, com os seguintes dados que serão mantidos em sigilo:

  • Dados do infrator (nome e endereço);
  • Local da infração (endereço e mapa de satélite);
  • Descrição resumida da infração (fatos);
  • Data da infração;
  • Fotografias.

Leia a nota na íntegra

Na data de hoje (25), a FLAMA recebeu imagens de um grupo de jipeiros que trafegou sobre as dunas e as praias do Município no último final de semana (23 e 24), causando degradação ambiental nas dunas e na vegetação de restinga.

Ainda foram constatados depósitos de lixo na praia e a destruição e retirada de placas educativas, recentemente instaladas pela Fundação, que fazem parte do projeto “Preserve as Dunas de Laguna”, que informa e orienta sobre a proibição de tráfego de veículos automotores nas praias, dunas e restingas do Município.

A FLAMA repudia veemente atitudes como essa e informa que tomará as medidas administrativas e judiciais cabíveis contra os responsáveis pelo dano ambiental, após a sua identificação.

Ainda, a FLAMA ressalta que preza por um turismo sustentável no Município de Laguna e declara que é totalmente contrária ao turismo predatório, que destrói o que temos de mais bonito por aqui: a nossa natureza.