Divulgação/PML

O fim de semana foi de intensificação das atividades de fiscalização dos órgãos públicos para auxiliar no combate à proliferação do novo coronavírus. No sábado, 23, o município registrou o 18º caso confirmado da doença.

As fiscalizações aconteceram em estabelecimentos comerciais e praias. A intenção é garantir o cumprimento de decretos estaduais e municipais, que normatizaram medidas para a contenção do vírus. Em Laguna, por exemplo, é obrigatório o uso de máscaras.

“As operações de fiscalização e orientação permanecerão por tempo indeterminado, visando a saúde e o bem-estar da população”, comenta o comandante do 28º Batalhão de Polícia Militar (PM), tenente-coronel Rogério Piovesano Bartolamei. Uma das determinações dos decretos proíbe a realização de festas, mas nesta madrugada os policiais precisaram atuar para encerrarem um luau na Praia do Sol. Além dos militares, a Polícia Civil e a Guarda Municipal também atuaram.

As ações deste fim de semana tiveram a participação do Comitê Emergencial de Crise (Cmec) montado pela prefeitura. “Dividimos duas equipes, uma foi ao Molhes e outra para o Farol de Santa Marta. Fazemos um trabalho de orientação e de observação do que está acontecendo. Vi muita gente sem máscara no Molhes”, relata o secretário de Turismo e Lazer, Evandro Flora.

De acordo com gestor, diversas famílias e pessoas de várias idades – entre adultos e crianças – sem uso de máscara. “Vamos continuar fazendo esse trabalho. Pedirei ao prefeito para baixar um decreto que torne obrigatório uso de máscara no Molhes e na Prainha do Farol, e vou ver a questão do Morro da Glória. Não sei se vai acatar, mas vou pedir”, adianta Flora.

Divulgação/PM