Arquivo pessoal

O vice-presidente do PSL de Pescaria Brava, Rodrigo Fernandes da Rosa, 46 anos, morreu no início da manhã deste sábado, 2, após sofrer um grave acidente de trânsito na BR-290, em Gravataí, cidade que fica a 23 quilômetros de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

Ele viajava em um caminhão junto do cunhado, quando o veículo saiu da pista e colidiu com o canteiro central da rodovia federal. Rodrigo chegou a ser socorrido com vida, em estrado grave, e levado para um hospital na capital gaúcha, mas não resistiu aos ferimentos. O cunhado, que dirigia o caminhão, teve lesões leves.

O Portal Agora Laguna apurou com fontes próximas à família que o motorista teria dormido ao volante, provocando o incidente. Rodrigo não estaria usando o cinto de segurança e foi lançado para fora do caminhão. A Polícia Rodoviária Federal (PRF-RS) não confirma a informação.

Morador de Pescaria Brava, a vítima tinha comércio de pescados na cidade e era presbítero da Assembleia de Deus, atuando em Cabeçuda (bairro de Laguna) e em células da igreja no município onde residia, como o grupo jovem Umadp. Ele era um dos nomes que o PSL estudava lançar como candidato a vereador nas eleições de outubro.

O corpo deve chegar à Santa Catarina nesta madrugada. Uma cerimônia fúnebre ocorre na Igreja Assembleia de Deus em Cabeçuda, com início às 8h, de domingo, 3. Rodrigo Fernandes da Rosa deixa a esposa Gisele e três filhos.