Foto: André Luiz / Agora Laguna

ISOLAMENTO SOCIAL: Hoje em dia é um ato principalmente de amor ao próximo, onde afastar-se nesse momento é questão de respeito a vida do outro e a nossa própria. Está complicado esse entendimento por parte de alguns e a falta de respeito com o recomendado vai fazer diferença lá na frente. É fundamental evitar aglomerações e é necessário sair de campo agora para ganhar o jogo lá na frente. Dá para entender, ou vamos ter que desenhar? Da minha parte, vou continuar relembrando.

QUARENTENA, SEGUNDO TEMPO: O que estamos presenciando me preocupa e muito, se o primeiro tempo da quarentena foi complicado imagina um segundo, com uma situação bem diferente, o que eles denominam de “lock down“. Se de flexibilização com retomada da economia passar para restrição total vai ser um Deus nos acuda.

EMERGENCIAL: Foi o auxílio do governo federal aos trabalhadores. Agora que virou uma situação de calamidade a quantidade de pessoas em frente aos bancos para receber sem os devidos cuidados, cito máscaras e distanciamentos. Esse auxílio vai resolver uma situação e complicar a outra, que é a disseminação do vírus e lá na frente não vai ser esse R$ 600 que vai resolver cada caso. Está faltando responsabilidade de muitos nesse momento que estamos passado.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

NÃO PASSA SEGURANÇA, desde que assumiu o ministério da saúde, Nelson Teich. Deixo bem claro que essa é a minha opinião. Homem de poucas palavras e de uma expressão posso assim dizer meio para baixo, em meio a essa tempestade não me acalma nem um pouco, pelo contrário, fico meio em estado de depressão só em escutar suas palavras. Se a coisa piorar então, vai ser desesperador sua forma de repassar a informação. Não só eu, mas muitos ainda expressam saudades do Mandetta.

POR FALAR EM MANDETTA e seus incansáveis pronunciamentos de quarentena, isolamento social, distanciamento, máscaras e várias outras medidas recomendadas pelos órgãos da saúde, logo logo irão ser relembradas. Mandetta sempre alertava sobre as curvas e o período de pico da pandemia, porém muitos que deveriam dar o exemplo não estavam nem aí. O resultado desse descaso poderemos sentir ali na frente. Vou continuar batendo nessa mesma tecla.

Reprodução

DEU URUCUBACA na pandemia, com direito a exoneração e tudo. A lista publicada pelo pai de santo é grande e a divulgação dos vídeos e áudios chamou a atenção de muitos com grande repercussão estadual. Tudo isso não “trancou os caminhos” dos nomes listados e nem a caneta do deputado, que mandou seu assessor pra casa mais cedo.

CINCO MIL MORTES e o presidente da República que parece andar na contramão da situação de forma curta e grossa só respondeu: “E Daí?”. Disse ainda nosso presidente: “Sou Messias (citando seu sobrenome), não sou Jesus Cristo, não faço milagres”. Essas pérolas do Bolsonaro durante a crise certamente serão lembradas por um bom tempo, assim como o número 4, o “pegador do condomínio”, que fizeram parte de um texto lido que ninguém até agora entendeu nada.

A POLÍTICA LAGUNENSE continua de quarentena, e acredito que muitos em isolamento social total. As semanas passam e poucos aparecem em meio a tudo isso e até agora as datas devem ser mantidas para as eleições municipais. O contato a que tudo indica vai ser de longe mantendo o “distanciamento eleitoral” e nas urnas, claro, vamos poder observar o resultado do que antes era feito através de muitos abraços e tapinhas.

Foto: André Luiz/Agora Laguna

NAS BANDAS DE LÁ: Falo do acesso Norte via Barbacena. “Novos caminhos para laguna” e novamente se fala em paralisação da obra por questões financeiras e de pagamento de notas e outros serviços. A obra segue em ritmo acelerado e com grandes possibilidades de ser entregue antes do prazo. Antes do feriado nenhum trabalhador da empresa no canteiro de obras, somente Casan, instalando a nova rede de água e a prefeitura fazendo a abertura de valas de escoamento para drenagem. Vamos aguardar.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

NO ESTADO: Comissão parlamentar de inquérito (CPI) da Alesc, deve apurar os últimos fatos divulgados pela imprensa, principalmente na compra de respiradores. É um momento delicado que atravessa o capitão Moisés nesse período de combate a pandemia do coronavírus no estado catarinense. Agora, é esperar as apurações tanto pela Assembleia, como pelo próprio governo do estado.

LAGUNA x UTI: Não é de hoje que escuto essa história da instalação de uma unidade de tratamento intensivo no hospital de nossa cidade. Os últimos acontecimentos relacionados a saúde reacenderam essa ideia, novamente como salvadora da pátria. Acredito que essa vontade no município não será concretizada sem o auxílio do governo estadual e federal, até por questões financeiras. Não basta apenas fazer as instalações, é necessário um corpo técnico capaz e treinado para essa finalidade. Uma UTI envolve muito mais que questões políticas neste momento, envolve união e boa vontade de todos. #SóAcho.

Foto: Agora Laguna

DIA DO TRABALHADOR e não poderia deixar de expressar nessa data meu abraço, carinho e reconhecimento à todos os trabalhadores que devem ser lembrados e valorizados. Sabemos que muitos por questões dessa pandemia perderam seus empregos. À eles nesse momento, quero deixar a mensagem que tudo vai passar, e logo tudo ficará somente na lembrança. Sei que muitos não tiveram direito a quarentena em casa, como sei que muitos, como os funcionários da saúde, foram para frente de batalha enfrentar um inimigo invisível. À esses profissionais fica o meu eterno agradecimento.


ELVIS PALMA, 55 anos, é formado em administração de empresas, funcionário público estadual, fotógrafo e comentarista do Jornal da Manhã da Rádio Difusora de Laguna.


As informações e opiniões expressas neste texto, são de total responsabilidade do seu autor.