Polícia apreende sondas e medicamentos em Pescaria Brava

Medicamentos e sondas foram apreendidos pela Polícia Civil de Pescaria Brava, nesta quinta-feira, 30, em duas residências localizadas na cidade, durante operação que cumpriu mandados de busca e apreensão.

De acordo com a corporação, a quantidade encontrada de lidocaína, um gel anestésico, chamou a atenção dos policiais, assim como as sondas, que seriam aparentemente incompatíveis com as necessidades de um dos investigados, que é deficiente físico.

O homem e a esposa não apresentaram receituários ou requisições médicas relacionadas aos produtos localizados. Os policiais deixaram com o casal, apenas a quantia que alegaram ser suficiente para atender ao investigado por cerca de um mês, que, segundo eles, seria o intervalo em que conseguem receber os medicamentos e as sondas da prefeitura de Pescaria Brava e do governo do Estado.

“Ressaltamos que a retirada indevida de medicamentos e instrumentos de saúde, concedidos gratuitamente pelos poderes públicos, além de lesar o sistema de saúde, causar prejuízos ao erário e prejudicar outras pessoas que deles necessitem, podendo configurar o crime de estelionato contra a administração pública, além de outros que podem estar correlatos”, detalha o delegado William Testoni, coordenador dos trabalhos investigativos.

A operação policial contou com a participação das delegacias de Pescaria Brava, da Comarca, DIC e Dpcami de Laguna.