Foto: Hector Candemil / Agora Laguna

Após ameaçar paralisar as obras de acesso Norte, a empresa Qualidade de Palhoça, seguiu com o cronograma nesta segunda-feira, 6. Segundo apurado pelo Portal Agora Laguna, durante o período da manhã, mesmo com uma chuva fraca, foram executados os serviços de sub-base e base no trecho.

De acordo com o prefeito Mauro Candemil (MDB), a obra não parou. “Sábado a empresa concluiu mais 200 metros de asfalto e seguem com os serviços. Hoje, haverá uma reunião com a rede ferroviária que não quer asfalto na travessia dos trilhos em sua faixa de domínio”, afirma.

Além disso, em paralelo, a Casan já realiza a instalação de nova rede de água para em seguida liberar um trecho de 1,6 km, para que seja asfaltado.

Por telefone, a informação foi confirmada pelo gerente de obras da empresa Qualidade, Márcio Ogibowski, responsável pelo trecho. “Resolvido o repasse da contrapartida dos 20% da segunda medição, no valor de um pouco mais de 290 mil reais, realizada pela prefeitura hoje pela manhã e a obra continua”.

Foto: Hector Candemil / Agora Laguna

No último sábado, 4, algumas máquinas foram retiradas do pátio das obras. A empresa aguarda ainda nessa semana que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)  faça o repasse do valor referente aos 80% da primeira medição ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), que finalmente encaminha ao executivo municipal para pagamento à empresa.

“Nossa maior preocupação é com relação a essa possibilidade de não se ter o recurso, pois com a pandemia do coronavírus, muitos órgãos estão suspendendo os pagamentos. Pelo que temos de informação, os valores ainda não foram repassados pelo banco à prefeitura. Estamos com a obra bastante adiantada, insumos, asfalto sendo colocado, máquinas, caminhões e tudo isso é custo”, disse Márcio.

A obra

O projeto do acesso Norte tem um total de 5,3 quilômetros, inicia na avenida João Marronzinho, passa pela rua Arno João Jerônimo, segue pelo bairro Barbacena, até a BR-101. As obras têm prazo de conclusão para cinco meses.

De acordo com a prefeitura de Laguna, no traçado do novo projeto não serão necessárias indenizações para moradores e proprietários de terras da região. O financiamento para a obra foi aprovado pela Câmara em maio de 2019 e foi conseguido junto ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE).