Divulgação

Os novos boletins emitidos por Laguna e Pescaria Brava na noite deste domingo, 12, mostram que as duas cidades estão há mais de dois dias sem notificar casos de pessoas com suspeita de contaminação pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Para a secretária de Saúde de Laguna, Valéria Olivier, isso é reflexo da conscientização. “A quarentena, os esclarecimentos à população, fazem com que eles se cuidem. Como temos quatro casos confirmados, isso já faz com que os munícipes fiquem mais apreensivos com a situação. Temos muitas pessoas que ainda acham que não vai acontecer, que aqui não chega. Precisamos continuar reclusos [para evitar contaminação]”, diz.

Na cidade juliana, há quatro casos confirmados – dois homens e duas mulheres –, sendo que um destes já é considerado curado. Em Pescaria Brava, o município tem apenas uma pessoa com diagnóstico positivo, uma mulher que continua internada em um hospital de Tubarão.

A última notificação de caso suspeito foi na sexta-feira, 10, em Laguna; e na segunda-feira, 6, em Pescaria Brava. A primeira cidade aguarda o resultado de dois testes pelo Lacen e o segundo não tem amostra em análise.

Atualmente, os números do novo coronavírus em Santa Catarina, atualizados neste domingo apontam que há 776 casos confirmados em Santa Catarina e 24 mortes causadas pela Covid-19. No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, são 22.169 confirmações de contaminação pelo vírus e há 1.223 mortes associadas.

Divulgação/PML