Foto: André Luiz / Agora Laguna

Onze pessoas acusadas de integrarem organização criminosa atuante em Laguna, Imbituba, Garopaba, Palhoça, Tubarão e Jaguaruna, foram condenadas pela 2ª Vara da Comarca da Justiça de Imbituba. As somas das penas alcança o tempo de 87 anos.

A desarticulação da quadrilha foi feita em diversas operações, com base em investigação realizada pela Delegacia de Polícia de Imbituba. A principal ação foi em 24 de abril do ano passado, em conjunto com a operação #PC27, com o cumprimento de 11 mandados  de prisão, dois de internação provisória de adolescentes e mais nove de busca e apreensão.

A organização foi acusada pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores. A investigação da Polícia Civil de Imbituba, conforme explica o delegado Juliano Baesso, conseguiu comprovar e delimitar a participação de pelo menos 12 pessoas, que foram indiciadas em inquérito policial, concluído em maio de 2019, pelo crime de integrar organização criminosa – a Justiça absolveu uma delas. Na sequência, elas foram denunciadas pelo Ministério Público de Santa Catarina.

Para o delegado regional de Laguna, Raphael Giordani, a condenação é reflexo do trabalho com empenho desenvolvido pelas equipes investigativas das 18ª DRP. “Não temos dúvida que trabalhos como esse, reflexo do árduo e complexo empenho investigativo de nossas equipes, no qual demanda o desmantelamento de organizações voltadas ao crime na região, refletem os resultados da queda nos índices de criminalidade em todas as cidades que integram a circunscrição da 18ª DRP”, pontua.