O recado todo mundo já sabe: fique em casa. Quem pode, ainda está em resguardo dentro do lar, para evitar qualquer possibilidade de contaminação da Covid-19.

Pensando na galera que está em casa (e ainda vai ficar por um bom tempo), mesmo com a liberação de determinados serviços, o #FalaManu desta semana traz algumas dicas de séries para maratonar na quarentena.

  • THE ACT (2019) Drama / Suspense / Baseado em fatos reais
    A série conta a história de Dee Dee Blanchard e a filha Gypsy Rose. Mãe faz a filha acreditar que enfrenta doenças mentais e físicas. A jovem é forçada a tomar medicamentos e é controlada pela mãe, até começar a viver um amor proibido e planejar o assassinato de Dee Dee.
  • OLHOS QUE CONDENAM (2019) Drama / Baseado em fatos reais
    A série possui quatro capítulos. Cinco jovens (4 negros e 1 latino), são acusados de forma cruel e injusta, de cometer o estupro de uma jovem corredora no Central Park (Nova Iorque), no ano de 1989. O drama aborda o preconceito racial e a irresponsabilidade da polícia americana na condução do caso, que mesmo sem provas, fez a acusação dos jovens, que posteriormente foram considerados culpados pela justiça. Só em 2014 a verdade vem a toda.
  • AS TELEFONISTAS (2017) Drama
    Cinco mulheres trabalham em uma companhoa telefônica na década de 1920 em Madrid. O grupo sofre preconceitos, machismos, mas juntas unem forças para lutar pelos seus sonhos. A personagem central da história é Lidia Aguilar Dávilla, que na verdade se chama Alba Romero (personagem de Blanca Suárez), ela vive um triângulo amoroso com os principais líderes da telefônica. Dividida entre um amor antigo e uma nova possibilidade de paixão, para recomeçar a vida. A série envolve assassinatos, abuso, espancamento de mulheres e etc.

Vamos lá? Chegou a hora, clica no play (acima) e vem comigo!

Espero vocês no canal e me sigam no instagram @MANUVEIGAA.


MANU VEIGA, 27 anos, é uma jovem lagunista formada em Jornalismo pela Unisul. Além de youtuber, é repórter e apresentadora na UnisulTV, onde atua nos telejornais Câmera Aberta e o A Cidade na TV. Teve passagens pela TVBV, Difusora de Laguna e RDC TV (RS).