Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

A prefeitura de Laguna deve suspender a partir desta terça-feira, 24, a campanha de imunização contra o vírus influenza, por falta de doses suficientes para a população. A cidade recebeu 2.303 unidades. O mesmo problema é sentido em outras cidades do estado, assim como em Tubarão. A informação foi confirmada pela secretária municipal de Saúde, Valéria Olivier, ao Portal Agora Laguna.

Mais cedo, como mostrou a reportagem, houve grande procura pelas doses, principalmente no Centro Histórico, onde ficou concentrado um dos polos iniciais da campanha, iniciada nesta segunda-feira. Logo pela manhã, as vacinas destinadas à comunidade de Caputera acabaram, segundo moradores relataram.

“Cheguei na fila e às 10h15, já havia acabado. Resolvi ir para casa e retornar no período da tarde para evitar a exposição, já que as atendentes afirmaram que já estavam providenciando mais doses”, disse em contato com o portal, Heleodoro Monteiro, 65 anos.

Segundo a prefeitura, em nota divulgada no seu site, “a Supervisão Regional de Saúde tem uma previsão de novas remessas até o final desta semana, sem data exata para chegar”. O estado deve receber cerca de 2,570 milhões de doses de modo fracionado, sem data ou quantitativo definido.

A campanha em 2020 foi antecipada como reflexo do avanço do novo coronavírus (Covid-19) no país. Até então, acontecia sempre entre abril e maio. Apesar de adiantada em virtude da doença, a vacina não imuniza contra o vírus e se trata de uma estratégia do governo federal para ajudar no diagnóstico do Covid-19, já que os sintomas das duas doenças são semelhantes.


Atualizado às 15h.