Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Um encontro na sede da Secretaria de Saúde de Laguna (SMS) discutiu na manhã desta sexta-feira, 13, as medidas de prevenção e conscientização contra o avanço do novo coronavírus (Covid-19) no município. Santa Catarina confirmou no dia anterior dois casos da doença e há ao menos um caso suspeito na Amurel e mais de nove na região de Criciúma sendo monitorados.

A reunião foi marcada às pressas e contou apenas com a participação das autoridades de saúde do município, como membros da secretaria e do hospital de caridade – a imprensa da cidade não foi comunicada. A prefeitura de Laguna emitiu por sua assessoria nota em que informa algumas das decisões.

“Sabemos de pessoas que vieram da Europa para Laguna e nossa responsabilidade é alinhar estratégias de prevenção para que o coronavírus não se propague”, comentou a secretária de Saúde, Valéria Olivier

Leia mais: Como Laguna se prepara para o novo coronavírus

A preparação para o atendimento a possíveis casos de Covid-19 passa por diversos protocolos, como adiantou a reportagem do Portal publicada na quinta-feira, 12, que ouviu tanto a Secretaria de Saúde quanto o Hospital Senhor Bom Jesus dos Passos.

“O hospital tem o protocolo para atendimento relacionados ao coronavírus. A superlotação deve-se a falta de resolutividade dos PSFs e da comodidade dos pacientes, que vão à emergência por qualquer coisa. A estrutura do hospital é boa e tem condições de fazer um bom atendimento”, disse o médico Fernando Pache, presidente da unidade hospitalar, em uma rede social.

Segundo Valéria, o município tenta credenciar a Unidade Básica de Saúde do bairro Progresso junto ao Ministério da Saúde para que o espaço seja considerada como referência para acolhimento de portadores de pacientes com sintomas de gripe. A pasta federal define que os postos de saúde da rede pública têm a responsabilidade de atendimento a casos suspeitos. Ao hospital, serão enviados apenas pacientes graves.

A Vigilância Sanitária vai realizar um treinamento específico para todos os profissionais de serviços gerais que trabalham em postos de saúde, escolas e demais espaços públicos. A medida é necessária para reforçar a higienização e limpeza.

Casos suspeitos na região

Braço do Norte: A cidade registrou um caso suspeito na noite de terça-feira, 10. O paciente esteve viajando fora do país e no retorno procurou o Hospital Santa Terezinha (HST) que fez todos os protocolos de atendimento necessários. Na sexta-feira, 13, a casa hospital confirmou que os exames feitos pelo Lacen deram negativos.

Morro da Fumaça: um homem de 46 anos é suspeito de ter contraído coronavírus, após retornar de uma viagem de trabalho fora do Brasil. De acordo com o secretário municipal de Saúde, ele está em isolamento em sua residência, sendo monitorado pela pasta, sem necessidade de ficar internado. Os exames foram realizados e encaminhados para o Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina (Lacen).

Tubarão: a Fundação Municipal de Saúde (FMS) da cidade azul confirmou no fim da noite de sexta-feira, 13, o primeiro caso suspeito no município vizinho. A paciente é uma mulher, que retornou recentemente do Canadá. Os testes foram feitos e os resultados saem em até sete dias.

Urussanga: A cidade registrou o primeiro caso suspeito de coronavírus. De acordo com o Portal Engeplus, se trata de um homem que esteve em São Paulo e chegou ao município nessa quinta-feira, 12, durante à noite com sintomas do vírus e procurou órgãos de saúde da cidade e relatou o fato. O homem teve contato com mais três pessoas e todos estão em isolamento domiciliar. A Vigilância Epidemiológica está neste momento realizando uma visita a empresa em que o homem trabalha.

Criciúma: Até esta quinta-feira, 12, foram notificados nove casos suspeitos do Covid-19, sendo seis deles moradores da cidade. Segundo informações da Secretaria de Saúde, todos apresentam quadros estáveis e seguem em quarentena, acompanhados por profissionais da área da saúde. O resultado dos exames deve sair na próxima semana.


Última atualização às 20h14, de 14 de março de 2020.