Operação de combate à violência contra mulher fiscaliza medidas protetivas em Laguna

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 440 visualizações,  4 views today

Em atualização | A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira, 5, uma operação nacional de combate à violência contra mulher, denominada ‘Marias’. A ação acontece três dias antes do Dia Internacional da Mulher, em diversas cidades catarinenses, incluindo Laguna.

Segundo informações apuradas pelo Portal Agora Laguna, na cidade juliana já foram realizadas quase 40 fiscalizações de cumprimento a medidas protetivas. Na região da 18ª Delegacia Regional, os agentes estão atuando também nos municípios de Imbituba, Garopaba e Imaruí.

Em todo o estado, os policiais dão cumprimento a 24 mandados de prisão e 14 de busca e apreensão contra suspeitos de agressões e crimes contra a mulher, além de verificar o cumprimento de 892 medidas protetivas concedidas.

A operação é coordenada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícia (CONCPC) e acontece com apoio do Ministério da Justiça.

Essa é a segunda fase da operação. A primeira, em novembro de 2019, foi concluída com o cumprimento de 68 prisões, 24 mandados de busca e apreensão e 1.218 medidas protetivas fiscalizadas.

Operação Marias

O nome da operação é uma menção à Maria da Penha Maia Fernandes, que foi vítima de violência doméstica e se tornou referência na luta em defesa dos direitos das mulheres. Ela dá nome à lei Maria da Penha, que é uma importante ferramenta para o combate à violência doméstica e familiar.