Motoristas retiram barreira colocada pela prefeitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 244 visualizações,  8 views today

Coronavírus

A barreira colocada pela prefeitura de Laguna na ponte que corta a lagoa de Camacho, na divisa com a cidade de Jaguaruna, para restringir o tráfego de veículos que entram na região do Farol, foi retirada por motoristas. Os instrumentos de bloqueio foram instalados depois do meio-dia desta sexta-feira, 20.

“Derrubaram e quebraram os tubos. Não obedecem as orientações de proteção de ficar em casa. Fica difícil”, lamenta o prefeito Mauro Candemil (MDB). A prefeitura tenta diminuir o fluxo de pessoas de fora que entram na cidade como uma medida de enfrentamento a propagação do novo coronavírus (Covid-19). Um decreto foi editado neste mesmo dia com as disposições para a instalação de barreiras fixas e móveis nos oito acessos do município.

“O decreto do governador não está implícito para que as prefeituras tomem suas decisões ou que corporações militares se distribuam nas barreiras. Querem barreiras sanitárias. Laguna tem oito acessos ao município e muitos sub-acessos. Não tenho como obrigar nosso pessoal a fazer barreiras físicas. Estarão sujeitos à risco e de confrontos corporais ante a agressividade dos que querem passar de qualquer jeito”, afirma Candemil.

O bloqueio foi desmontado momentos após as equipes da Secretaria de Obras e Transportes terem saído do local. No decreto publicado pela prefeitura, o município permitirá a entrada apenas de pessoas residentes na cidade (veja adiante). Horas depois, a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) removeu o restante da barreira e liberou o tráfego já que a pista é uma rodovia estadual.

Pontos do decreto

Os residentes em outras cidades que têm imóveis no município estão sujeitos à restrição. A orientação é que permaneçam nas cidades onde moram. O objetivo é conter o fluxo interno e evitar a propagação do novo coronavírus (Covid-19).

Os ocupantes do automóvel, que tenha registro de licenciamento em Laguna, devem apresentar comprovação de residência na cidade. O decreto permite a entrada no município de carros licenciados em outros municípios, desde que comprovada a moradia em Laguna.

O decreto também impede o acesso de pessoas ou grupos, a qualquer espaço público, incluindo a orla de todas as praias de Laguna, parques, praças e agrupamento de pessoas nas vias públicas ou reuniões privadas (festas de aniversário, casamentos e confraternizações em geral).

Os veículos de transporte remunerado, incluindo os de aplicativo e que não seja considerado transporte coletivo, podem entrar na cidade se os passageiros comprovarem  residência no município.

O decreto permite também a entrada de veículos de transporte de carga, para não comprometer a cadeia produtiva. O poder público está autorizado avaliar exceções não previstas e liberar a entrada de veículos de acordo com o interesse público.