Foto: Tao Edge/iStock

Coronavírus

Uma mulher é a quarta paciente com suspeita de contaminação por novo coronavírus (Covid-19) em Laguna. A informação foi divulgada no final da tarde desta quarta-feira, 18, pela prefeitura municipal em suas rede sociais.

Portal Agora Laguna apurou que a paciente teve contato com pessoas que estiveram em uma festa particular de Braço do Norte, cidade em que houve o primeiro registro oficial de contágio na Amurel. O caso pode ser considerado como de transmissão comunitária, já que outras duas pacientes de Tubarão com diagnóstico positivo de coronavírus se infectaram da mesma maneira.

As amostras da mulher foram coletadas por equipes da Vigilância Epidemiológica de Laguna e encaminhadas para análise pelo Laboratório Central (Lacen) de Santa Catarina. Os laudos com os resultados devem ficar prontos até a próxima semana, conforme a demanda do laboratório, que recebe coletas de todo o estado.

Outros casos suspeitos em Laguna

Os dois primeiros casos suspeitos em Laguna foram anunciados no fim da manhã de terça-feira, 17. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), se trata de um casal com idade entre 30 e 40 anos, que tiveram contato com familiares das pessoas infectadas de Tubarão. As coletas foram feitas em unidades básicas do município.

O terceiro caso em investigação foi registrado no fim da noite do mesmo dia. Um jovem de 26 anos, que voltou há cerca de dez dias de Portugal, procurou o hospital de Laguna por apresentar sintomas de Covid-19. As amostras foram colhidas e enviadas para o Lacen.

Todos os pacientes, incluindo o desta quarta-feira, estão isolados em casa, onde aguardam o resultado dos testes. Os quatro são residentes em Laguna.

SC confirma 14 casos

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou nesta quarta-feira o novo panorama do avanço do coronavírus no estado. Em relação aos dados do dia anterior, os casos confirmados dobraram, passando de sete para 14.

São cinco pessoas em Florianópolis, duas em Tubarão, duas em Balneário Camboriú, duas em Rancho Queimado, duas em Braço do Norte, e uma em Joinville. Destes casos, quatro foram contraídos através de transmissão comunitária.

O secretário da Saúde, Helton Zeferino anunciou que o estado recebeu ontem mais 480 kits do governo federal para os testes. Os insumos serão usados pelo Lacen e essa quantidade é suficiente no momento, segundo informou o gestor. Os resultados saem entre 48 horas e 72 horas depois que a coleta chega ao local.