Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Coronavírus

A Festa de São José, de Bentos, e a Solenidade do Senhor Bom Jesus dos Passos, que iniciariam nesta semana, estão canceladas assim como outras festividades religiosas. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 17, pela Paróquia de Laguna e são reflexo do avanço do novo coronavírus (Covid-19).

Segundo o provedor da Irmandade de Santo Antônio dos Anjos, Leonardo Demétrio, a medida vale até o final de março e segue orientação emitida pelo bispo Dom João Francisco Salm, da Diocese de Tubarão. Não estão descartadas novos cancelamentos ou suspensões.

Apenas as missas tradicionais continuarão sendo realizadas, porém com a adoção de cuidados: a oração do Pai Nosso é feita sem que os fieis deem as mãos e na hora da comunhão, a hóstia será entregue na mão do fiel, entre outros.

Imaruí e Florianópolis cancelam Solenidade de Passos

A Solenidade de Passos também foram suspensas nas cidades de Florianópolis e Imaruí, município do Sul que tem o Senhor Jesus dos Passos, como padroeiro. A paróquia da capital havia comunicado o cancelamento no fim de semana e a de Imaruí anunciou a decisão na segunda-feira, 16.

Em ambos os casos, a justificativa é evitar o aglomero de pessoas e frear o avanço do Covid-19. Nas três cidades, incluindo Laguna, a tradição da procissão de Passos atrai muitos fieis.

Diocese emite orientações

No ofício encaminhado às igrejas da Diocese de Tubarão, Salm orienta que sejam colocados em prática as disposições dos decretos das autoridades municipais e que sejam evitadas a aglomeração de pessoas e, se possível, diminuir a circulação.

A principal recomendação é reforçar a higienização pessoal e do ambiente, assim como disponibilizar álcool em gel, sabonete líquido e papel toalha em lugares onde o bom senso indicar.

“Os padres estejam em seus postos para atender as pessoas, oferecendo-lhes auxílio espiritual, apoio, orientação, consolo, esperança, solidariedade e outra ajuda pastoral que se fizer necessária”, pede o bispo no documento. Salm recomendou ainda que os religiosos utilizem meios como rádio, TV ou internet para, se havendo necessidade, transmitir as missas aos fieis.

A diocese suspendeu mutirões de confissão, mas recomenda atendimento às pessoas que individualmente procurarem o Sacramento da Penitência. Os padres têm como solicitação não deixar de atender doentes graves que pedem a confissão e o viático e nestes casos, devem ser atendidas exigências de higienização.

As atividades programadas que iriam reunir e aglomerar pessoas, assim como a aulas de catequese devem ser suspensas. “Cultivar a serenidade que nasce da fé em Deus que nos ama”, finaliza Salm.