“Eu imaginava que seria asfaltada. Sempre dizia para os meus netos que um dia eu iria ver, só não sabia quando e agora estou com fé que sai. Estou contente e se Deus quiser vai dar tudo certo”. A fala simples do seu Amadeu Paulino Pereira, 83, que mora em Barbacena há uns “cinquenta e poucos anos”, como ele mesmo conta, resume a emoção dos habitantes do bairro.

Acostumados a conviverem com a estrada de chão batido e com a lama sujando sapatos ou as rodas do carro em dia de chuva, isso quando dá para caminhar pela via, eles agora podem comemorar. “É a realização de um sonho”, simplifica o presidente da associação de moradores, Oscar Vicente. Após vários anos de espera e muitas promessas, o acesso Norte, uma das obras mais aguardadas da mobilidade urbana de Laguna começa a sair do papel nesta terça-feira, 18.

Com valor de R$ 6.299.850,70, a obra vai ser executada pela empreiteira Qualidade Construções, de Palhoça. Desde segunda-feira, os funcionários estão montando o canteiro – que vai ficar em frente à igreja São Judas Tadeu – e colocando as marcações de terreno. A informação de que a obra inicia um dia após a assinatura da ordem  foi anunciada pelo engenheiro Edson Rodrigues, em entrevista ao Portal Agora Laguna.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

“Já fizemos o reconhecimento da área. Agora, estamos mobilizados para dar início mesmo, e vamos começar com a marcação da topografia, pois não tem como fazer sem que haja as marcações. Se conseguirmos uma boa frente, podemos já iniciar a parte de escavações nesta terça”, detalha Rodrigues.

O projeto do acesso Norte tem 5,3 quilômetros de extensão. O asfalto vai começar na avenida João Marronzinho (Laguna Internacional), segue pela rua Arno João Jerônimo, corta o bairro Barbacena e se conecta à BR-101. A planta do acesso foi elaborada pelo governo estadual e foi cedida à prefeitura em maio de 2019.

Poeira no acesso Norte deve ficar no passado – Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

A ideia de se pavimentar um segundo acesso à cidade de Laguna foi lançada ainda na gestão do ex-prefeito Célio Antônio (2005-2012) e ressurgiu no governo de Everaldo dos Santos (2013-2016), mas à época a prefeitura deu prioridade às alterações na avenida João Marronzinho.

Na campanha eleitoral de 2016, o ex-governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira (MDB), recuperou a ideia e prometeu que faria a obra assim que assumisse a gestão do Executivo. “O projeto ficou pronto no segundo semestre de 2018 e eticamente deixei para o governador Carlos Moisés (PSL) lançar, mas ele não fez”, explicou Moreira, logo após o fim da cerimônia.

Na metade de 2019, a prefeitura conseguiu aprovação para financiamento pela Câmara de Laguna, para poder executar a obra por conta própria. “Muita gente não acreditava nesse projeto que a gente vinha perseguindo desde 2015 e são coisas que a gente gostaria que já estivesse pronto, mas tivemos amarrações de ordens técnicas e jurídicas, que tivemos de transpor. E conseguimos”, comemora o prefeito Mauro Candemil (MDB).

Ainda de acordo com Rodrigues, a ideia é que a obra seja entregue dentro do prazo estipulado de cinco meses. A obra tem financiamento do Banco de Desenvolvimento Regional do Extremo Sul (BRDE).

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna