Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

O anúncio da confirmação de dois casos de brasileiros infectados pelo vírus Covid-19, mais conhecido como novo coronavírus, entre a última quarta-feira, 26, e este sábado, 29, tem refletido em Laguna. As farmácias da cidade têm registrado aumento na procura por máscaras descartáveis e álcool em gel.

Neste sábado, 29, a reportagem de Agora Laguna percorreu as farmácias do Centro Histórico e de outros bairros conferindo como está a busca pelos dois produtos. “Ontem chegaram dez frascos de álcool em gel e hoje temos apenas três”, comenta uma funcionária de uma das farmácias, sem se identificar. A reposição do estoque de álcool têm sido feito de maneira rápida, mas as procura têm crescido repentinamente.

A situação porém não é refletida com as máscaras. Na maior parte dos estabelecimentos, a falta principal está nestes produtos. “Vendemos tudo ontem [sexta]. De uma vez só foram 12 caixas de máscaras e sete de álcool em gel e vamos pedir mais no início da próxima semana”, comenta o proprietário da Farmácia Atual, no Portinho.

Em todas as farmácias onde houve esgotamento do estoque, não há previsão de chegada de mais máscaras. As distribuidoras, devido a alta procura, não têm conseguido atender a demanda nacional.

Orientação é usar se estiver infectado

Em entrevista coletiva na última semana, logo após a confirmação do primeiro caso de Covid-19 no Brasil, a epidemiologista Maria van Kerkhove, líder técnica de programas de emergência da Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou sobre o uso das máscaras. “A orientação é que as pessoas usem máscaras se elas mesmas estiverem doentes, se tiverem sintomas respiratórios. E o motivo para isso é que elas evitem a transmissão para outra pessoa, não para evitar que elas mesmas se infectem”, disse.

Especialistas orientam que as máscaras sejam usadas por quem tem contato com pessoas em sintoma gripal, principalmente profissionais da área da saúde. A recomendação é que a máscara seja usada de maneira bem justa ao rosto, e que seja sem vãos laterais que  possam permitir a circulação de gotículas que possam estar contaminadas.

Situação de Laguna

As farmácias consultadas em Laguna, neste sábado, 29, apresentavam estoque baixo para álcool em gel, que pode acabar nas próximas horas, com a reposição prevista para a semana seguinte:

Apenas álcool em gel para venda

Farmácia Preço Popular (em frente ao Angeloni); AC Farma (Centro); Farmácia Plantão (Centro); Farmácia do Jair (próximo à rodoviária); Farmácia Mar Grosso; Farmácia Litoral (Mar Grosso);

Têm ambos os produtos

Farmácia do Trabalhador (duas filiais no Centro); e Farmácia Central (Centro);

Sem previsão de chegada de máscara ou álcool em gel

Farmácia Preço Popular (próximo à papelaria Tacko); e Menor Preço (Centro);

Casos confirmados no Brasil

O Ministério da Saúde confirmou oficialmente dois casos de contaminação pelo novo coronavírus no Brasil, mas a pasta ressalta que ainda não há evidências de que o vírus esteja circulando no país. Os brasileiros contaminados voltaram de viagem da Europa:

  • Primeiro caso: foi confirmado na quarta-feira, 26. O paciente é um homem de São Paulo que veio da Itália.
  • Segundo caso: foi divulgado neste sábado, 29, e assim como na primeira ocorrência, o paciente também é um homem de São Paulo e que voltou de viagem da Itália recentemente.