Divulgação

A Polícia Militar (PM) de Laguna foi acionada por volta das 21h55, deste domingo, 2,para atender a uma ocorrência de disparo de arma de fogo em uma residência, na rua Saul Antônio Cardoso, no bairro Portinho.

No local, a guarnição fez contato com os moradores que flagraram o crime, apontando a residência onde foi visto o morador efetuando disparos. Segundo relatos das testemunhas, o agente portava uma espingarda calibre 12 e havia efetuado aproximadamente cinco disparos nos fundos da sua própria casa em várias direções, tanto para cima quanto para o chão. Durante a conversa com os moradores, dois homens saíram da residência onde foram observados os disparos e foram para a rua.

Em seguida, a guarnição tentou conversar com os homens, onde conforme a PM, um deles apresentava visível estado de embriaguez e se apresentou como proprietário da residência, sendo identificado em seguida. Ele passou a desobedecer as ordens dadas pelos policiais, se negando a se identificar e ficar em posição de busca pessoal, tentando fugir para o interior do pátio da sua casa, sendo detido pelo Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT).

Foi necessário o emprego da força, para cessar a resistência passiva e fazer a abordagem. Após conseguir estabilizar a situação, foi feito a revista pessoal no outro homem. Com ele foi localizado uma munição de espingarda calibre 12 no bolso da sua bermuda. O abordado confessou que seu amigo havia efetuado disparos e que no interior da residência teria uma espingarda e um revólver.

Perguntado ao primeiro abordado sobre a espingarda, este relatou que possuía apenas um revólver calibre 38 e que tal arma estaria na cidade de Tubarão. Diante da situação de flagrante, a guarnição entrou na residência sendo que na lavanderia foi encontrada uma espingarda calibre 12 com uma munição na câmara e em outro cômodo da casa foi localizado um revólver calibre .38 dentro de uma maleta, escondido entre alguns livros.

Ainda de acordo com a PM, também foram localizadas munições, no total de 40 de calibre 12 intactas e seis munições de calibre .38, sendo que quatro estavam no tambor e duas estavam na maleta que abrigava a arma. Foram achadas duas cápsulas deflagradas de calibre 12 no interior da residência.

A guarnição verificou que o proprietário possuía os registros das armas mencionadas e os envolvidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.