Foto: Ana Barzan

Um filhote macho de boto-pescador (Tursiops truncatus gephyreus) foi localizado na manhã deste domingo, 23, morto, em uma lagoa no bairro Vila Vitória. Pescadores encontraram o animal e acionaram o pesquisadores para recolhimento da carcaça para a necropsia.

Segundo o exame de necropsia feito pelo Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), a avaliação externa indicou que se trata de filhote com mais de 30 dias. A carcaça apresentava marcas pelo corpo de contato social e de atrito com as pedras, além de uma fratura de grande extensão no maxilar e desgastes na mandíbula, que serão analisados especificamente.

A morte foi por afogamento, embora os órgãos internos estivessem em boas condições, mesmo com a decomposição iniciada. O PMP-BS informou ainda que o animal é o filhote da boto ‘Porquinha’, que estava desaparecido há alguns dias.

Na última semana, outro boto teria sido encontrado sem vida na região da lagoa de Imaruí, mas a informação não é confirmada pelos órgãos de monitoramento.

Sobre o PMP-BS

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no polo pré-sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

Caso encontre algum animal marinho vivo ou morto, entre em contato com o projeto pelo telefone 0800 642 3341.