DIC de Laguna atua em operação que prendeu um dos maiores traficantes do PR

Um dos maiores fornecedores de cocaína e maconha do Oeste do Paraná foi detido em operação conjunta das polícias civil catarinense e paranense. A prisão aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 14, e é resultado de uma investigação iniciada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Laguna, a partir da apreensão de 370 quilos de maconha em Imbituba em agosto de 2019.

Conforme a DIC, à época da apreensão, policiais civis da Delegacia Regional de Laguna fizeram monitoramento ininterrupto por quase oito horas, em um dos acessos da cidade portuária, quando então flagraram o veículo denunciado. Após abordagem, localizaram a droga. Um casal foi preso em flagrante por tráfico de drogas e condenados a oito e nove anos de prisão pela Justiça de Imbitiuba.

A investigação da Polícia Civil de Laguna descobriu que os entorpecentes foram enviados por um dos maiores traficantes da região Oeste do Paraná. O criminoso estava na cidade de Francisco Beltrão e era responsável por distribuir, fornecer e entregar grandes quantidades de droga para todo o Brasil.

O fornecedor da carga apreendida era associado a outros quatro indivíduos, que possuíam tinham função de preparar e enviar toneladas de droga para outros estados da Federação. Todos estão presos.

El Patrón

A operação denominada El Patrón foi coordenada pelo delegado Bruno Fernandes e recebeu esse nome pelo alto poder econômico do traficante, que aumentou seus bens, inclusive comprando veículos de luxo, lanchas, sítios e demais chácaras no Oeste paranaense a partir dos lucros obtidos com a prática criminosa.

Além da divisão de Laguna, a DIC de São Lourenço do Oeste (SC) e os policiais civis da delegacia de Francisco Beltrão (PR) e Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) paranense atuaram na operação.

Notícias relacionadas