Rede hoteleira entra em 2020 com boas expectativas e quartos lotados

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 132 visualizações,  4 views today

Como as praias de Laguna são belíssimas por natureza, não é de se espantar a alta procura por um quarto de hotel em uma das regiões mais badaladas da cidade, o Mar Grosso. Isso indica que o ano de 2020 vai chegar para a rede hoteleira trazendo perspectivas positivas, segundo avaliação feita por gestores de hotéis ouvidos pela reportagem do Portal Agora Laguna.

No Laguna Tourist Hotel, que em meados deste ano passou a ser administrado pelo grupo hoteleiro Ficare, do Rio Grande do Sul, faz a sua ‘reestreia’ em uma virada de ano. “Temos de 20 a 30%, que são hóspedes da casa. O restante são aqueles que conquistamos através da nossa rede de hotéis”, comenta a diretora da rede Ficare, Ivone Ferraz.

O Tourist Hotel está locado e na avaliação de Ivone, o novo ano será de muita movimentação. “Estamos bastante esperançosos, com a estabilização do governo e também pelo fato de que o pessoal que iria para o Nordeste, agora estão conosco [em virtude da tragédia das manchas de óleo]. São vários fatores [em 2020] que farão as pessoas ficar em hotel, até por que eles estão tirando férias em curto espaço de tempo”, completa a gestora.

Localizado às margens da Praia do Mar Grosso, o Ravena Cassino Hotel registra uma maior procura por hospedagens feita pelos veranistas brasileiros. “Desde o dia 15 de dezembro estamos tendo um aumento de 50% em relação ao movimento do ano passado e vai crescer até o Réveillon, para qual já estamos lotados”, afirma o gerente do Ravena Cassino Hotel, Juliano Francisco Neves.

Neves aponta que neste ano houve menor interesse de turistas argentinos. Um dos principais motivos para isso são os problemas que a economia do país vem enfrentando e a estabilização do governo da nação vizinha, que passou por processo eleitoral no fim de 2019.

A ausência de turistas do país vizinho é percebida, também, no Hotel Atlântico Sul, que costumava receber muitos hermanos para a temporada. “Não temos perspectivas de vinda de argentinos este ano”, diz a empresária Jane Vieira.

De acordo com ela, o hotel está com todos os quartos reservados. “Estamos lotados hoje, assim como todos os anos. Nosso evento, jantar festivo, atingiu a meta de vendas. E a partir de 2 de janeiro, acreditamos que teremos um fluxo muito bom de turistas”, comenta a empresária Jane Vieira.

Só na virada do ano, Laguna espera receber até 120 mil pessoas, conforme projeção da prefeitura municipal e o volume de turistas deve aumentar consideravelmente nas próximas semanas, principalmente com as altas temperaturas que podem ser registradas.

Notícias relacionadas