Foto: Marcos Santos/Jornal da USP/Arquivo-Fotos Públicas

Uma reunião na sede da Federação Catarinense de Municípios (Fecam) deve discutir na terça-feira, 21, à tarde, a implantação dos pedágios e a concessão da BR-101 entre Paulo Lopes e São João do Sul, na divisa com o Rio Grande do Sul.

Está previsto para ser apresentado no encontro, o laudo técnico produzido pelos técnicos da Fecam sobre o edital, as informações sobre a representação administrativa junto ao TCU e também como está o trâmite da ação judicial, que pede a suspensão do edital.

Foram convidados para o debate os prefeitos das regiões da Grande Florianópolis, Amurel e Amrec, onde ficam as cidades-alvo da concessão, assim como parlamentares estaduais e federais, bem como lideranças do Sul catarinense. A concessão será de 30 anos e o trecho é de 220 quilômetros de extensão. O leilão ocorre em São Paulo no dia 21 de fevereiro, conforme a ANTT.

São previstas quatro praças de pedágio para o trecho: Laguna (km 298, divisa com Imbituba), Tubarão (km 346, fronteira com Treze de Maio e Jaguaruna), Araranguá (km 408, divisa com Maracajá), e São João do Sul (km 460, fronteira com Passo de Torres).