Órgãos avaliam virada de ano em Laguna como positiva

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 328 visualizações,  4 views today

Ao menos 100 mil pessoas curtiram a virada de ano em Laguna, que teve a festa concentrada na praça Nelson Moreira Netto (Villa), no Mar Grosso, e também na Prainha do Farol, na região da ilha. Os números são da Polícia Militar e foram divulgados nesta quarta-feira, 1º.

A quantidade de turistas e banhistas ficou dentro do esperado pela prefeitura que projetava a possibilidade de atrair até 120 mil pessoas, para acompanhar a queima de fogos e as apresentações musicais preparadas para animar o Réveillon. O show pirotécnico durou exatamente 10 minutos e 45 segundos.

No palco montado no Mar Grosso, estrutura contratada às pressas após a polêmica causada pela desqualificação do trio elétrico declarado vencedor da licitação, as bandas PH7 e Prakatá comandaram o público. Enquanto que do outro lado da balsa, a virada de ano teve a musicalidade da banda Matusa.

“Foi muito bom. Grande público, segurança sem problemas graves. Tudo funcionou perfeitamente. As bandas deram um verdadeiro show e contagiaram o público”, avalia o secretário de Turismo e Lazer, Evandro Flora.

Até o momento, o único ponto negativo da noite do Réveillon foi o transbordo da rede de esgoto, verificado principalmente na rua Ruben de Lima Ulysséa, no Mar Grosso. A Casan emitiu nota em que informa que a tubulação foi bloqueada por lixo jogado no sistema de saneamento.

Segurança

A avaliação também é positiva no setor de segurança. A PM colocou em ação mais de 30 policiais vindos das regiões militares de Tubarão e Chapecó para reforçar o efetivo da cidade juliana. Não houve registros de ocorrências mais significativas, na noite da virada.

“Foi um evento tranquilo, com ocorrências rotineiras. Planejamento, organização e engajamento são o grande segredo para o sucesso”, enfatiza o tenente-coronel Rogério Bartolamei, comandante do 28º Batalhão de Polícia Militar. “Os policiais militares trabalharam nas últimas cinco noites de forma bastante intensa, com muito empenho dedicação e profissionalismo”, destaca.

O Corpo de Bombeiros Militar (CBM) atendeu ocorrências corriqueiras, com destaque para um acidente registrado no começo da noite, em Cabeçuda. A virada também foi tranquila para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). “Em vista dos outros anos foi bem tranquilo, tivemos poucos atendimentos”, resume o socorrista Rafael Schimitz, do Samu.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Notícias relacionadas