Comunicação PM/Agora Laguna

O Colégio Militar Feliciano Nunes Pires – Núcleo Jerônimo Coelho, de Laguna, não irá iniciar o ano letivo no salão paroquial do bairro Magalhães, como havia sido anunciado em primeira mão pelo Portal Agora Laguna. Com a modificação, as aulas irão começar no prédio da escola Elisabeth Ulysséa Arantes, onde funciona o polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB), no bairro Portinho.

A decisão, segundo o prefeito Mauro Candemil (MDB), aconteceu em virtude de a “atual instalação [salão paroquial] não foi totalmente liberada pelo Estado e precisa ser reformada em alguns pontos”. A prefeitura de Laguna irá locar o espaço para que a Polícia Militar possa implantar a unidade do colégio.

A informação da mudança é confirmada pelo major Peterson do Livramento, que assumirá a direção do Colégio Militar de Laguna. “Será nas dependências do Polo UAB. [Lá tem] melhores instalações”, resumiu o oficial.

Uma outra hipótese apontada para a mudança seria o valor do aluguel exigido pela administração do salão paroquial de Magalhães, que teria pedido um quantia maior do que o previsto pela prefeitura. O poder público e a direção-geral alegam que não procede a informação.

“O local [salão] não tem condições físicas de abrigar o colégio. Eles trouxeram a realidade, a situação e numa reunião eu sugeri que fossem para o polo, que tem a estrutura montada”, afirma a secretária de Finanças, Administração e Serviços Públicos, Luciana Fernandes Pereira. De acordo com Livramento, foram determinantes o fato de o prédio não ter climatização e as péssimas condições das instalações sanitárias.

O abrigo provisório é necessário porque a sede oficial do colégio não teve as obras concluídas. A unidade de Laguna irá funcionar no prédio da extinta escola Jerônimo Coelho (que funcionou entre 1911 e 2016), que está em reforma desde 2019.