Divulgação/PMP-BS

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), coordenado pela Udesc, recebeu no último dia 12 de janeiro, um chamado para resgate de ave marinha ferida por cão doméstico em uma casa no bairro do Mar Grosso.

Segundo o projeto, a ave era um filhote de pernilongo (Himantopus himantopus) que foi encaminhada para a Unidade de Estabilização de Fauna Marinha da Udesc. A equipe veterinária disse que animal chegou com uma lesão na região do peito.

Ele recebeu tratamento adequado, bem como suplementos alimentares. Em poucos dias o animal se estabilizou a ponto de ficar sobre as patas, sem auxílio e se alimentar por conta própria.

O PMP-BS vai encaminhar o filhote para a Associação R3 Animal, de Florianópolis, onde passará por um processo final de reabilitação e enfim voltar a natureza.

Sobre o PMP-BS

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no polo pré-sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

Caso encontre algum animal marinho vivo ou morto, entre em contato com o projeto pelo telefone 0800 642 3341.