Foto: Eduardo Ventura/Portal Esporte de Primeira/Agora Laguna
 

A taça do Campeonato da Regional da 1ª divisão vai ficar com o time do Esporte Clube Palmeiras, de Tubarão, após ter vencido por 4 a 2 a equipe do Esporte Clube América de Bentos, de Laguna. A decisão aconteceu neste domingo, 15, no Estádio Antônio Silvestre, casa do alviverde tubaronense, sob clima quente.

O mandante do jogo entrou em campo como franco favorito à conquista do título, não tendo uma derrota no campeonato organizado pela Liga Tubaronense de Futebol (LTF). O favoritismo foi mantido com o primeiro gol marcado por Raul Oliveira aos 15 minutos do primeiro tempo, cobrando uma falta.

Aos 26, o árbitro viu mão de um jogador do América e marcou pênalti favorável ao Palmeiras. Luquinha cobrou, mas a bola foi defendida pelo goleiro Fernando. Três minutos depois, Andrei Santiago marcou o segundo para o Palmeiras. Raul fechou o placar da primeira etapa com o terceiro da equipe aos 46.

“Foi um primeiro tempo difícil, tivemos algumas falhas, mas vamos ajeitar”, avaliou o jogador Bebê, do América, em entrevista à UnisulTV, no intervalo da partida. A reação da equipe de Laguna veio com Maicão, aos 6 minutos do segundo tempo, diminuindo o placar. Dau ampliou em favor dos colorados aos 16.

O América chegou a empatar o jogo aos 36, mas o árbitro invalidou o gol. Ronaldinho ampliou o placar para o Palmeiras com o quarto gol aos 45 e completou o resultado da partida. O jogo teve cinco minutos de acréscimos que não foram cumpridos, pois o árbitro finalizou a partida alegando falta de segurança.

“Nós merecíamos ganhar o título. O time com 100% de aproveitamento e agora com essa vitória fomos campeões. Agora é festejar, ainda mais com o time fazendo 60 anos”, comemorou o presidente do Palmeiras, Itamar Vieira, o Maduro, em entrevista à web-rádio Esporte de Primeira.

Os dois clubes estão classificados à Copa Sul dos Campeões de 2020, além de permanecerem na divisão principal do futebol regional. A arbitragem foi de Claudir José Herdt, auxiliado por Wagner Moraes Spíndola e Dilma Rita. O quarto arbitro foi Fabiano Roberto Damásio Pereira, e o delegado Zilton de Souza Farias.

Andrei cobra pênalti – Foto: Eduardo Ventura/Portal Esporte de Primeira/Agora Laguna