Barranceira promove 135ª Festa de São Sebastião

Tradição centenária da comunidade católica do bairro Barranceira, na região Norte de Laguna, a novena em honra ao mártir São Sebastião teve a sua programação divulgada pela equipe de festeiros de 2020. As celebrações acontecerão de 11 a 20 de janeiro.

A história da relação da comunidade com o mártir católico é passada de geração para geração. Inicia em 1884 com a passagem de um caixeiro-viajante, hospedado na casa da moradora Alexandra André, prometeu retribuir a estadia mandando vir do Rio de Janeiro (então capital imperial brasileira, que também tem o santo como padroeiro) uma estampa com a imagem de São Sebastião.

Passados alguns meses, a pintura do padroeiro chegou ao porto de Laguna em setembro de 1884 e foi mantida com muito zelo por Alexandra e depois por sua filha, Marcelina, que todos os anos faziam novenas em celebração ao mártir católico. O quadro histórico é preservado pela comunidade e exposto em todos os dias de celebração das novenas de São Sebastião.

O santo padroeiro

Soldado do Império Romano, Sebastião se voltou contra a crença em deuses da época e se converteu ao cristianismo, professando a fé em sigilo para não ser perseguido pelo imperador Dioclesiano. A conduta branda para com os católicos daquele tempo levou à um julgamento sumário com sua morte ordenada pelo comandante imperial.

Condenado à flechadas, sobreviveu; novamente condenado, agora ao espancamento, não resistiu e teve o corpo jogado no sistema de esgoto público, sendo resgatado por Santa Luciana e sepultado nas catacumbas. Sua celebração litúrgica é em 20 de janeiro.

Confira a programação

Sábado, 11 de janeiro

18h30 – Transladação motorizada, saindo de Bentos.

19h15 – Missa novena com padre da paróquia Santo Antônio dos Anjos, de Laguna. Participação: Comunidade de Bentos, com liturgia e canto.

Domingo, 12 de janeiro

19h30 – Missa novena com padre Auricélio Costa, do Santuário da Bem Aventurada Albertina Berkenbrock. Participação: Comunidade de Jardim Juliana.

Segunda-feira, 13 de janeiro

19h30 – Missa novena com o padre Thiago Tomas, da Diocese de Lages. Participação: Comunidade de Barbacena.

Terça-feira, 14 de janeiro

19h30 – Missa novena com padre Antônio Rech, da diocese de Tubarão. Participação: Comunidade de Caputera, com liturgia e canto.

Quarta-feira, 15 de janeiro

19h30 – Missa novena com padre Bantu Mendonça Katchipwi Sayla, da paróquia São Pedro Apóstolo, de Cabeçuda. Participação: Ministério de música da comunidade de Barranceira.

Quinta-feira, 16 de janeiro

19h30 – Missa novena com padre Pedro Damázio, da paróquia de Sangão. Participação: Coral São Brás, da comunidade de Estreito, com liturgia e canto.

Sexta-feira, 17 de janeiro

19h30 – Missa novena com o padre José Cipriano. Participação: Terço dos Homens da comunidade do bairro Progresso com canto, e comunidade de Barranceira, com liturgia.

21h30 – Bingão.

Sábado, 18 de janeiro

17h30 – Procissão marítima, saindo da antiga igreja indo até a vila, em seguida percorre a Lagoa do Imaruí até o porto do ‘seo’ Adílio, de onde a procissão segue até à igreja.

19h15 – Missa novena com padre da paróquia Santo Antônio dos Anjos. Participação: Comunidade de Mato Alto.

21h30 – Bingão

Domingo, 19 de janeiro

10h – Procissão, saindo da residência do casal José Paulo e Edilene (Dega).

10h30 – Missa festiva, com padre da paróquia Santo Antônio dos Anjos, de Laguna.

Meio-dia – Almoço festivo e logo após, tarde dançante.

20h – Celebração encenada com o grupo de jovens Gramb, da comunidade de Barranceira.

Segunda-feira, 20 de janeiro (dia do padroeiro)

10h – Missa do padroeiro e encerramento da festa.