Bicentenário de Anita segue em ritmo veloz na Itália

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 528 visualizações,  4 views today

O projeto Dois Mundos e Uma Rosa para Anita continua em destaque na Itália, em especial na região da Emilia Romagna. Na última semana, os envolvidos na condução da iniciativa no país europeu apresentaram um resumo do que aconteceu na visita feita em julho às cidades de Laguna, Tubarão, Imbituba, Anita Garibaldi e Curitibanos.

O encontro, ocorrido na sede do conselho regional (equivalente à assembleia legislativa) tratou ainda do programa e roteiro que será cumprido pelos prefeitos e autoridades de Santa Catarina, que em abril de 2020 vão retribuir a visita, além de celebrarem acordos e convênios visando a realização de eventos comemorativos ao Bicentenário de Anita, em 2021 no Brasil, na Itália e em San Marino.

O objetivo das autoridades italianas é propor às cidades brasileiras vinculadas ao projeto, a criação de convênios turísticos e culturais, bem como a cooperação dos municípios relacionados à história e a saga de Anita Garibaldi. No próximo encontro internacional, que acontecerá em abril, a comitiva brasileira deverá participar do plantio da Rosa de Anita nas cidades de Poggio Torriana, Cesenatico e Dovadola.

Estes eventos e a reunião realizada contam com a efetiva participação do Ministério da Cultura e Turismo da Itália, que já anunciou o interesse de disseminar o projeto que está se espalhando na América do Sul, sob a responsabilidade do Instituto CulturAnita. Recentemente, o ministro Dario Franceschini nomeou um conselheiro de Estado para atuar junto ao projeto na Europa.

Projeto do bicentenário de Anita anima paranaenses

Em toda sua trajetória, Anita Garibaldi esteve no Paraná por uma vez, a bordo de uma das embarcações farroupilhas em uma pequena batalha na região de Paranaguá, um dos portos imperiais do século 19. Mesmo sem uma relação muito forte com a trajetória da heroína, o estado paranaense pode ser mais um dos apoiadores do projeto do bicentenário.

Com o tema ‘Dois mundos e uma rosa para Anita’, o diretor do CulturAnita, Adílcio Cadorin, apresentou por cerca de duas horas, para um seleto público de autoridades paranaenses, uma palestra sobre a heroína. “A palestra fica marcada não só pela divulgação da história de Anita, mas por abrir a porta para que o estado do Paraná venha a aderir ao projeto dos 200 anos. Foi um encontro para conscientizar a necessidade das pessoas que têm ligação com a cultura italiana e com a história garibaldina, de se integrarem nesse projeto”, defende Cadorin.

O encontro foi provocado pela Associação Giuseppe Garibaldi, sediada em Curitiba, que mantém o Palácio Garibaldi. Segundo o CulturAnita, “as manifestações de afeto e interesse demonstrados no encontro realizado na capital paranaense, são vistos como o primeiro passo para que, até 2021, o Paraná também seja agregado ao projeto do bicentenário”.

Previous
Next