Jardim Juliana inaugura praça construída pela comunidade

A comunidade do bairro Jardim Juliana, na entrada da cidade, esteve em festa neste domingo, 20. Além de comemorar a padroeira Mãe Peregrina, os moradores inauguraram a Praça Florida, espaço de lazer e recreação que vinha sendo planejado e construído há pelo menos dois anos. O local é um dos frutos do projeto de intervenção da Rede de Vizinhos e foi feito com recursos próprios.

“É um projeto que nos motivou espaço que foi concebido com o trabalho de cada morador. Todo mundo se reunia no fim de semana para realizar essa obra. Todos os materiais foram doados, sem nenhum recurso público investido na praça. O calçamento foi divido entre os residentes no entorno da praça”, detalha o advogado Vilson Medeiros, presidente da associação de moradores.

A praça recebeu o nome por escolha das crianças que ganharam um local repleto de pontos para brincarem com escorregador e balanço, por exemplo. A festa de inauguração foi dedicada a eles, uma vez que outubro é o mês dos pequenos, que ganharam picolés e outros mimos. “O mais gratificante é ver o sorriso das crianças, a união das pessoas e o desprendimento em se doar um pouco mais ao próximo”, comemora o advogado.

A inauguração foi acompanhada por representantes da prefeitura e pelo comando da Polícia Militar de Laguna e Braço do Norte. O Jardim Juliana foi a primeira comunidade que recebeu o programa Rede de Vizinhos em novembro de 2016, sendo sempre apontado como exemplo da integração entre a força de segurança e os moradores.

Recentemente, os moradores da Passagem da Barra, na região da ilha, também se uniram e construíram uma praça com recursos próprios para uso da comunidade, após terem ficados inconformados com a demora do poder público.

“É um exemplo que pode ser seguido por outras comunidades. Cada um dentro de suas posses, uns mais outros menos, mas que cada um possa fazer um pouquinho. Certamente estará ajudando a comunidade e contribuindo com o município, criando um espaço de harmonia em que as crianças deixam seu lar de lado e iniciam aquelas brincadeiras-raiz, como aquelas dos nossos pais”, finaliza Medeiros.

Divulgação/Comunidade Jardim Juliana

Notícias relacionadas