Golfinho fêmea grávida é encontrada morta no Cardoso

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 1,068 visualizações,  4 views today

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), coordenado pela Udesc em Laguna, divulgou ter feito o recolhimento na tarde de terça-feira, 22, de um golfinho fêmea sem vida, na Praia do Cardoso, região da ilha.

Conforme o projeto, o animal da espécie cachalote-pigmeu (Kogia breviceps) tinha 325 quilos e 2,65 metros de comprimento, além de estar grávida, como apontou o exame de necropsia realizado pelos veterinários para determinar a causa da morte. A gestação estava pela metade e o feto tinha 64 centímetros.

Os especialistas apontaram que o animal foi morto recentemente, o que possibilitou coleta de vestígios para exames complementares, que irão permitir a definição do que levou à morte da cachalote, além da obtenção de dados e novas informações sobre a espécie.

“Observamos uma parasitose intensa na região caudal do crânio, próximo ao canal auditivo, que pode ter contribuído para o encalhe do animal. No entanto é necessário aguardar os resultados dos exames histopatológicos e microbiológicos para definir corretamente a causa da morte”, descreve a médica-veterinária Nicole Nigro. Segundo a especialista, não foram encontradas lesões macroscópicas significativas que possibilitassem o diagnóstico na necropsia.

A espécie

Cachalote pigmeu é uma espécie de cetáceo dentado (tecnicamente chamados de ‘odontocetos’) de avistamento em vida livre rara. Pode ser reconhecido pela morfologia pouco convencional: não ultrapassa 4 metros de comprimento, assim como a parte frontal da cabeça apresenta o “melão” proeminente e uma pequena mandíbula dentada (12 a 16 dentes por ramo), bem como a nadadeira dorsal localizada a dois terços do corpo.

Como acionar o PMP

Caso algum animal marinho vivo ou morto seja encontrado, entre em contato com o projeto pelo telefone 0800-642-3341. O acionamento permite o deslocamento de uma equipe de veterinários e pesquisadores ao local para resgate dos espécimes.

O PMP-BS é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Notícias relacionadas

Previous
Next