Entrevista: Porto de Laguna passa para SCPar e estatal prevê investimentos

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 812 visualizações,  4 views today

Depois de quase 45 anos sob administração federal, exercida pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), o Porto Organizado de Laguna está sendo administrado pela estatal SC-Parcerias (SCPar). A autorização para a troca de comando da União para o Estado catarinense foi oficializada após publicação do convênio de delegação no Diário Oficial no último dia 16.

Na tarde desta terça-feira, 22, o diretor-presidente da SCPar, Gustavo Salvador Pereira, recebeu a equipe do Portal Agora Laguna na sala de administração do terminal e detalhou alguns dos planos da estatal para a estrutura. O gestor que lembrou dos laços que tem com a cidade juliana, adiantou que a direção do porto será feita por Fernando Wecki e diferente dos portos de Imbituba e São Francisco do Sul, Laguna não será uma empresa mista como Sociedade de Propósito Específico (SPE) e será vinculada à matriz da holding estatal em Florianópolis.

“A gente, naturalmente, cria algumas expectativas de aumento de emprego, melhora na renda para toda região e tenho certeza que o porto de Laguna vai ser um indutor e um impulsionador nessa escala de criação de empregos”, prevê Pereira. De acordo com o gestor, a expectativa é que a geração de postos de trabalho fique dentro do número de 200 vagas, como falou o governador Carlos Moisés (PSL) na cerimônia de assinatura da delegação.

O terminal foi erguido na década de 1940 como porto carvoeiro, depois se tornou pesqueiro e passou à administração federal em 1975, vinculado à estatal Portos do Brasil S.A. (Portobras). Com a extinção da empresa nos anos 1990, a estrutura de Laguna foi transferida para a Codesp, e agora para a gestão estadual.

Gustavo Pereira falou sobre as expectativas para o terminal de Laguna – Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Notícias relacionadas

Previous
Next