Foto: Arquivo/Agora Laguna

Moradores de Barbacena e Portinho que abriram as torneiras na quarta-feira, 2, após o término da manutenção da rede de abastecimento, viram que a água que saía estava com coloração muito diferenciada: de tons caramelos que variavam para preto. A situação não é nova e acontece quase sempre que a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) de Laguna faz trabalhos em suas tubulações.

A redação do Portal Agora Laguna recebeu diversas reclamações de residentes nos dois bairros sobre a qualidade de água. “É inadmissível que ainda hoje tenhamos essa cena: chegar em casa e água estar marrom. Lamentável”, disse um dos moradores. E diante da situação procuramos a gerência da Casan para buscar respostas para entender o que acontece quando há manutenção na rede da companhia.

“Sempre que fizemos esse tipo de melhoria ou qualquer vazamento na rede acontece esse problema de entrar água suja, e mesmo com descargas demora um pouco para clarear. Isso não acontece somente em Laguna; ocorrem em todo município que precisa fazer essas intervenções”, afirma o gerente da companhia na cidade, Giovani Pickler.

A diferença na coloração da água se dá por causa da presença de partículas que estão aderidas à parede interna da tubulação. Com o aumento da pressão, essas partículas se soltam e acabam provocando a alteração na cor.

As manutenções que vêm acontecendo nas redes da Casan têm como um dos objetivos evitar este problema. “Até que normalize o sistema todas as vezes que falta água o ideal é fechar o cavalete por um período e sempre que identificar o problema ligar para a Casan e solicitar o serviço de descarga de cavalete”, orienta Pickler.

Nova bomba será instalada

Segundo ele, outras ações devem acontecer em breve na região, uma vez que, ainda falta a instalação de uma nova bomba. Nesta quarta, foram feitas interligações, redimensionamento e novas descargas de rede.

Foto: Casan/Agora Laguna