Divulgação

A guarnição da Polícia Militar (PM) de Laguna foi acionada via Central Regional de Emergências, às 15h, deste domingo, 29, para atender a uma ocorrência de roubo e tentativa de estupro, na Rua Luiz Severino Duarte, conhecida como curvas do Iró, no acesso à Praia do Mar Grosso.

Segundo a PM, durante o atendimento à ocorrência, próximo ao Sambódromo, no bairro Campo de Fora, a guarnição avistou um homem com a descrição repassada pela vítima, que ao avistar a viatura fugiu no sentido da região conhecida como Malvina. Ele deixou para trás, um par de tênis e uma bicicleta de cor azul. Os policiais fizeram buscas, com o apoio de outras guarnições, mas sem conseguir localizar o suspeito.

Mais adiante, na rótula da Praia do Gi, próximo à passarela, a guarnição tomou conhecimento dos fatos, pois até então, como repassado pelo solicitante, se acreditava ser uma briga entre casal. Em conversa com a vítima, ela informou que estava caminhando em direção à Pedra do Frade. Ao passar em frente ao posto guarda-vidas dos bombeiros, foi atacada por um homem mulato, alto, magro, trajando uma jaqueta preta de abrigo e uma bermuda jeans, com uma bicicleta de cor azul.

No relato, a mulher contou que foi puxada pelo braço, e ouviu o criminoso dizer: “Vem cá sua gostosa”. “[Ele] Me arrastou para um barraco na beira da praia, sendo que cai e entramos em luta corporal, cai novamente e ele tentou me puxar e eu me debati. Nesse momento, apareceu alguém e como não consumou o estupro tentou roubar meu celular que caiu no chão. Consegui pegar e sair correndo”, disse à polícia.

Segundo ela, o autor dos fatos só a largou porque na hora passou um senhor, que estava caminhando nas proximidades e observou quando o homem a atacou. Este senhor gritou para que vítima fosse liberada, foi quando ele saiu correndo.

A guarnição mostrou fotos de suspeitos para ambos e eles apontaram para um homem já conhecido do meio policial. Diante dos fatos, a PM lavrou um boletim de ocorrência.