Vídeo: Bombeiro que encontrou menina desaparecida relata experiência

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 524 visualizações,  8 views today

Depois de quase um dia desaparecida, Iara Nogareti, de dois anos de idade, está de volta à casa da família, no interior do bairro São Tomaz, em Imaruí. A menina sumiu na tarde de quarta-feira, 05, enquanto o pai arrumava o carro e foi localizada na manhã desta quinta-feira, 06, pelo ex-comandante dos bombeiros de Laguna, capitão Marcos Leandro Marques (veja vídeo abaixo).

“Após adiantar o serviço, saí sozinho estrada a baixo procurando em pontos mais próximos e locais rotineiros. Estava nas proximidades, cerca de 200 metros de distância da casa. Passei por uma ponte próxima e estava muito silencioso… Escutei o chorinho dela e vi ela saindo de uma estradinha secundária para a principal junto do cachorrinho”, relata o bombeiro, que integrou a força-tarefa de busca e resgate, na parte operacional.

A menina, diz Marques, estava bem de saúde e tinha algumas picadas de mosquito. “Logo que a avistei, abracei e peguei no colo. Emocionado, sai correndo para entregar para a mãe dela”, conta.

Iara desapareceu junto com os dois cachorros de estimação da família – um havia retornado ainda durante a noite para a residência dos pais da criança. “Agradeço a todos os amigos físicos e virtuais, que compartilharam e se mobilizaram para trazer a bebê de volta. Aos bombeiros, policiais militares, civis, que passaram a noite toda com a gente sem parar de trabalhar”, pontuou a mãe Jordana Dias, em entrevista ao repórter Sérgio Guimarães. O caso ainda passará por investigação policial.

Força-tarefa contou com mais de dez bombeiros de Laguna

A operação de resgate foi iniciada ainda na tarde de quarta-feira e continuou durante toda a madrugada, sendo reforçada com auxílio de drones e binômios (cães de resgate, acompanhados por instrutores). As equipes foram compostas inicialmente com homens do Corpo de Bombeiros Militar, que depois recebeu suporte das polícias Militar, Civil e Ambiental.

Um dos fatos de destaque nesta operação, para o tenente Henrique Schuelter, comandante dos bombeiros de Laguna, que integrou a força-tarefa, foi o grande número de pessoas interessadas em contribuir com os trabalhos. “Anoiteceu e teve uma questão latente que nem sempre acontece: começou a ter muito voluntário. Além da Polícia Militar, Civil, começou a aparacer muita gente lá para ajudar, chegando a ter 70 ou mais pessoas lá”, relata o oficial.

Além de Schuelter, da corporação lagunense participaram os sub-tenentes Jânio e Soares; sargentos Botelho, Ribeiro, Damázio, Lisboa, Rodinei e Eliseu; soldados Jesus e Reges; bombeiros comunitários Ana e Elton. Parte da equipe fez uma foto ao lado da menina Iara e a mãe (veja abaixo). Cerca de cem pessoas entre profissionais e voluntários atuaram na força-tarefa.

O comandante dos bombeiros da cidade juliana conversou com a reportagem do Portal Agora Laguna e detalhou como foi montada a operação de resgate da pequena Iara (ouça no fim do texto). “Foi uma comoção muito grande, emocionante e gratificante”, frisa o comandante sobre a operação que terminou com final feliz.

Foto: CBM Laguna/Divulgação

Notícias relacionadas