Júri não reconhece autoria de assassinato registrado em Laguna

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 64 visualizações,  8 views today

O homem apontado como autor do homicídio de Everton Formanski foi absolvido pelo júri. O julgamento aconteceu ontem, em Laguna. De acordo com o Conselho de Sentença, não foi reconhecida a autoria dos crimes. O crime aconteceu em maio de 2017, no Farol de Santa Marta. A vítima foi encontrada morta com marcas de violência.

No júri popular, o Conselho decidiu pela absolvição, em sua maioria. A Justiça apontava que a motivação do crime, na época, teria sido o fato de o então réu, que foi absolvido, acreditar que Everton teria um caso com a sua companheira.

No crime, a vítima recebeu diversos golpes de faca no rosto, cabeça, pescoço, tórax, braços e mãos, cujas lesões ocasionaram sua morte, por traumatismo cervical.

Além disso, o carro da vítima, um Gol, com placas de Criciúma, foi encontrado carbonizado próximo ao local. Na época, a Polícia Civil afirmou que o veículo teria sido queimado.