Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Foram ao todo 110 hospitais filantrópicos catarinenses que junto ao Governo do Estado assinaram nesta terça-feira, 25, um convênio que possibilitará o repasse de R$ 190 milhões. Os recursos, vindos dos cofres estaduais, serão encaminhados até o fim do ano para as unidades, incluindo o Hospital de Caridade Senhor Bom Jesus dos Passos de Laguna que terá direito a R$ 371 mil.

A reportagem do Portal entrou em contato com a administração da casa hospitalar que informou estar iniciando o recebimento das documentações necessárias para a vinda do recurso e que detalhes sobre a destinação da verba serão divulgados após a confirmação do dinheiro.

Em vídeo nas redes sociais, o secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, adiantou que o governo está trabalhando em uma matriz técnica – que avalia número de leitos, leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e salas cirúrgicas, entre outros – junto com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que auxilia na divisão dos valores. “Ao final, a partir de cada pontuação, ela vai definir o valor que cada hospital vai receber pelo que entrega à população”, detalha o gestor.

A assinatura do convênio feita representa a nova política hospitalar catarinense que o governo do pretende implantar, onde prevê o repasse de R$ 300 milhões de reais até 2020 para as unidades filantrópicas.

Os hospitais, para fazerem parte dos convênios, devem possuir contrato de prestação de serviços de saúde e ter o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social na Área de Saúde, emitido pelo Ministério da Saúde para pessoas jurídicas sem fins lucrativos.

Região recebe mais de R$ 5 milhões

Outros hospitais da região da Amurel também foram contemplados com os recursos vindos do Estado. Em Tubarão, o Nossa Senhora da Conceição irá receber R$ 3,75 milhões – que se somam a outros R$ 7,98 milhões, de convênio anterior firmado com o governo, totalizando quase R$ 12 milhões de recursos.

O hospital de Braço do Norte receberá R$ 704 mil; Imbituba R$ 443,5 mil; Treze de Maio, R$ 269 mil; e Rio Fortuna, R$ 48,9 mil.