Vídeo: Reformada e climatizada, Casa Candemil é entregue à população

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 92 visualizações,  8 views today

O resultado da obra de restauração da Casa Candemil foi entregue à população na manhã desta sexta-feira, 5. O prédio histórico, construído em meados do século XIX, em estilo português, serviu como residência, escritório comercial e atualmente abriga o Arquivo Público Municipal.

A obra foi realizada pelo  Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), recuperou todo o espaço da edificação, que havia passado por reforma no fim da década de 1990, quando o órgão recebeu a casa por meio de doação, feita pela família Candemil. “A emoção é muito grande. Estamos honrados em estar entregando esta obra no dia de hoje”, resume Mauro Candemil, prefeito de Laguna e um dos ex-moradores do prédio.

“A Casa Candemil é apenas o farol de todas as obras que estamos fazendo em Laguna. De mãos dadas com todos os parceiros, mas, principalmente, com a comunidade que é a maior detentora desse patrimônio. Não estamos restaurando apenas um prédio, mas os sentimento das pessoas. Essa é uma casa de memória e isso é muito importante”, destaca Kátia Bogéa, presidente do Iphan. A historiadora, em seu discurso, anunciou que Laguna pode ganhar em breve o certificado do registro da pesca com auxílio dos botos como patrimônio imaterial nacional.

O acervo documental do arquivo público, composto por documentos históricos da Comarca e da prefeitura, jornais, e outros itens, está passando por processo de revitalização e digitalização, e estará disponível ainda este ano para a população consultar.

Foto: Letícia Rodrigues

Casa Candemil

Formado a partir do porto original da cidade, o Centro Histórico de Laguna foi tombado pelo Iphan em 1985 (anteriormente, uma lei municipal de 1978 havia iniciado o processo) e abriga cerca de 600 imóveis, resultando em um conjunto cercado pela beleza natural de suas praias. Um desses imóveis é o edifício conhecido como Casa Candemil, construído no fim do século XIX, tendo as quintas portuguesas como modelo, e que agora será entregue completamente restaurado, após intervenção que contou com apoio da prefeitura.

Na década de 1990, a casa foi doada ao Iphan, que instalou ali o Arquivo Público Municipal. Desde então, o edifício abriga centenas de documentos que recontam a história da cidade e sua população, em um rico acervo que é testemunho da história local. A intervenção na Casa Candemil restabeleceu toda a estrutura do bem, garantindo as condições necessárias para a conservação dessa documentação e tornando o espaço apto a receber pesquisadores e demais interessados.

Além disso, parte dos recursos estão sendo investidos na catalogação e restauração do acervo arquivístico e na aquisição de um novo mobiliário, em ação que completa a preservação desse importante representante do Patrimônio Cultural de Laguna.

Veja momentos da cerimônia

Investimentos em Patrimônio Cultural

Ao longo dos últimos anos, o Iphan, autarquia do Ministério da Cidadania, tem realizado diversas ações em Santa Catarina, com destaque para os investimentos por meio do PAC Cidades Históricas, em Laguna e Florianópolis.

Além da Casa Candemil, estão em execução a restauração do Museu Victor Meirelles e a requalificação urbana do Largo da Alfândega, em Florianópolis; e outras cinco ações em Laguna: a primeira etapa da requalificação urbanística do Centro Histórico e as restaurações da Casa de Anita Garibaldi, da Antiga Estação Ferroviária, do Clube União Operária, da sede da Sociedade Musical Carlos Gomes e do Clube Blondin. Juntos, essas ações somam R$ 12,3 milhões em previsão de investimentos em Laguna e R$ 12,8 milhões em Florianópolis.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna