Foto: Santiago Anguita/PMP-BS

Mais um filhote de boto-pescador (T. truncatus) foi encontrado morto em Laguna, na manhã de quarta-feira, 24. O animal estava em avançado estado de decomposição e foi localizado na praia do Sol pela equipe do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) da Udesc Laguna.

Segundo as informações divulgadas pelos pesquisadores, o filhote foi removido da faixa de areia e levado para a unidade de estabilização de animais marinhos do projeto, em Laguna. Uma necropsia foi realizada, porém devido ao avançado estado de decomposição não foi possível determinar a causa da morte.

“Os dentes não tinham erupcionado ainda e era possível identificar claramente as pregas fetais. Estes indicativos confirmam que o animal era um ser recém-nascido”, explica a veterinária da Udesc, Nicole Nigro. Este é quinto caso de boto-pescador morto em 2019, sendo o terceiro filhote.

Sobre o PMP-BS

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no polo pré-sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

Caso encontre algum animal marinho vivo ou morto, entre em contato conosco pelo telefone 0800 642 3341.