#SóAcho: Laguna acorda tarde, mas acorda

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 32 visualizações,  4 views today

APARECER NAS FOTOS É POPULISMO. Segundo o deputado Felipe Estevão (PSL): ”Eu não fui à reunião para evitar ‘populismos’, por entender que estava decidido a transferência das perícias. Eu poderia ir ali bater uma foto e dizer ao povo de Laguna ‘lutei, mas não deu’ e lavar minhas mãos. Mas não, partimos para o plano B”.

Essa declaração do Felipe, certamente, veio de encontro a alguns questionamentos sobre a não participação do deputado lagunense em Criciúma, para tratar do assunto das perícias médicas no começo do mês. O caso segue e promete outros desdobramentos.

LAGUNA ACORDOU PARA LUTA e agora o lagunense Vinícius Izidoro, que disputa competições de jiu-jitsu desde 2017, conta com o apoio da prefeitura de Laguna. O jovem de 18 anos já ganhou títulos nacionais e internacionais, como os campeonatos brasileiro, europeu, espanhol, inglês, alemão e foi oito vezes campeão catarinense na modalidade.

O atleta se prepara para representar a cidade no mundial em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. A viagem está marcada para dia 22 de abril e o lutador lagunense, que também representa Pescaria Brava, segue buscando apoios.

O município de Laguna será responsável por custear as passagens do mundial. Antes tarde do que nunca. Agora é esperar para ver no pódio as bandeiras dos dois municípios, lado a lado.

MUDOU O TEMPO e o protesto programado pela manutenção das perícias médicas realizadas na Agência da Previdência Social (APS) de Laguna não aconteceu. Quem veio da região da ilha (Farol de Santa Marta) não perdeu a viagem e protestou, em frente ao Sindicato dos Pescadores (Sindpesca), sobre o fechamento do INSS e também acerca da falta de informação do direito a receber o seguro-defeso da anchova.

EM TEMPO: Pescadores esperam há mais de quatro meses pelo seu direito de receber o benefício. O período do defeso encerrou em março e muitos ainda não receberam. Para a classe é um total desrespeito.

UM MERCADO PÚBLICO foi o que garantiu a secretária de Planejamento Urbano, Silvânia Cappua Barbosa, ao postar nas redes sociais que o projeto de restauro da edificação elaborado em 2012 pelo Iphan, já previa os usos de cada box. Portanto, já há uma distribuição dos espaços para os diversos usos (peixarias, açougues, restaurante, bares, artesanatos, lojas, entre outros).

Disse a secretária, que antes de licitar os boxes foi buscar exemplos de licitações de outros municípios e desta forma buscou o lagunense Nelsinho Matos, atual secretário de Planejamento e Meio Ambiente de Florianópolis, que lhe encaminhou o modelo de edital utilizado para o Mercado Municipal da capital.

Com essa a documentação em mãos o passo inicial é a publicação de um decreto municipal que aprove o regulamento do Mercado Público Municipal, tal qual o decreto número 15.347/2015, de Florianópolis. Portanto, já encaminhou o modelo à procuradoria a qual está adequando o mesmo para a nossa realidade e necessidade. Silvânia postou que posterior a esse decreto será publicado o edital da concessão dos boxes de acordo com usos já previstos no projeto inicial pelo Iphan.

AINDA SOBRE O MERCADO PÚBLICO que passa por uma revitalização e ampliação, em nota oficial, a prefeitura diz que a intenção é entregar o espaço para a comunidade no final do ano. Obra avaliada em R$ 5.667.898,74, feita com recursos do BNDES, através da lei Rouanet, e do governo municipal.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna/Arquivo

O RESTAURANTE ESCOLA É UMA TRISTE REALIDADE, conforme a nova diretora da Udesc Laguna, Patrícia Sunyê. Inaugurado em 2016 (foto) até agora não mostrou para que foi construído. O prédio já passou pelas mãos de vândalos, teve material sendo levado e até agora ninguém mais sabe quem é o pai da criança. Falhas estruturais no sistema de gás e de ventilação, e, inclusive de iluminação, além de falta de recursos para a contratação de professores, impedem a utilização completa do espaço.

Isso sem falar que não existiam cópias ou sequer os originais das plantas de construção do espaço, assinados e aprovados junto ao governo municipal. Alguém é culpado dessa situação e devem ser responsabilizados. É só o que acho.

SÓ FUNCIONA NA PRESSÃO, essa é a realidade de alguns setores do município e todos os anos é a mais coisa. Mais uma vez o vereador Preto Crippa (PP) requereu, após aprovação dos vereadores, que:

  • sejam instaladas lixeiras, principalmente nos locais de maior acúmulo de pessoas e onde ocorre a pesca com o boto;
  • sejam instalados banheiros químicos para o uso dos pescadores e visitantes;
  • seja feita limpeza e que sejam removidos os entulhos que se encontram no local;
  • seja efetuado um planejamento para a atuação da Guarda Municipal e Secretaria de Turismo orientando os visitantes;
  • sejam instaladas placas informativas referente a pesca com os botos, tainha e sobre o Molhes da Barra;
  • seja feita a manutenção das placas de trânsito que necessitarem de reparos.

Segundo o vereador, “estaremos em poucas semanas diante de mais uma safra da tainha, e consequentemente, esse é o período que mais atrai os turistas para o Molhes da Barra, equipamento turístico esse que a cada dia se torna mais precário e com pouquíssimas intervenções do Poder Executivo”. Faço minhas as suas reivindicações, vereador, tem que ficar tudo preto no branco.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

GENTE QUE FAZ E QUE MERECE DESTAQUE: falo da Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC) que proporcionou aos seus pacientes essa semana um lanche de Páscoa com sorteios de brindes e distribuição de cesta básica. Quem também passou por lá foi o coelhinho distribuindo ovos de chocolate à todas essas pessoas que por elas são atendidas.

Parabéns a essas voluntárias! Destaco o lema em suas camisetas que diz: “Juntas somos mais fortes”. São pessoas que voluntariamente se doam ao fazer o bem e que merecem, assim como tantos outros grupos, nosso reconhecimento.

VEÍCULOS NOVOS FORAM ADQUIRIDOS para a Guarda Municipal. A novidade é que desta vez não foram locados, e sim comprados pela prefeitura. São duas viaturas Renault Sandero ‘zero bala’ (foto).

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Só lembrando que o prefeito determinou em fevereiro por decreto, que a jornada de trabalho da Guarda Municipal passou a ser realizada em turnos fixos diários de seis horas, com início às 7h e término às 13h para a primeira guarnição e das 13h às 19h, para a segunda.

Para o prefeito Mauro Candemil, o objetivo é priorizar o estacionamento rotativo, proteção patrimonial, operação Lacre Ambiental e o trânsito, tendo em vista o baixo efetivo existente.

“PENSANDO ALTO”: Apesar das promessas feitas, a atual gestão nunca valorizou o serviço prestado pelos agentes, que agora não trabalham mais nos horários noturnos e tão pouco, nos finais de semana. Com novos espaços locados, a Guarda Municipal foi transferida para o terceiro andar do Centro Administrativo Tordesilhas, bem aos olhos do prefeito. Acho que até agora a multa no veículo oficial do gabinete — por estacionar em local reservado para idosos sem a identificação — não foi digerida pelo gestor. Mas, eu só acho.

A FUNDAÇÃO LAGUNENSE DE CULTURA está com novo comando, conforme a portaria nº 466/2019. Assume a presidência, a museóloga Mirella de Jesus Honorato. Ela vinha respondendo interinamente pela função e pertencia ao quadro da fundação como supervisora de patrimônio histórico. Essa nomeação me lembrou certas promessas de nomear para as principais funções, profissionais técnicos para as importantes pastas. À Mirella, desejamos sucesso e o compromisso de fazer o melhor pela cultura de nossa cidade, que por muitas vezes fica esquecida.

“ALTAMENTE MAIS OU MENOS” será o show apresentado pelo cantor Falcão em nossa cidade. Festa organizada anualmente pela prefeitura para comemorar o dia das mães em maio. “Bonito, Lindo e Joiado”, o compositor, cantor e apresentador de TV, Falcão, não larga mão de difundir sua alegre e encantadora cultura “fuleirística” para o mundo e agora também para a terra de Anita Garibaldi. Acho que se tiver um político “mal lavado” na plateia pode não escapar dos olhos atentos do falcão. #sóacho.

SEXTA-FEIRA SANTA, que os antigos chamavam de “Sexta-Feira Maior”, é quando celebramos a paixão e a morte de Jesus, o silêncio, o jejum e a oração devem marcar este momento. Ao contrário do que muitos pensam, a Paixão não deve ser vivida em clima de luto, mas de profundo respeito e meditação diante da morte do Senhor que, morrendo, foi vitorioso e trouxe a salvação para todos, ressurgindo para a vida eterna.

Para a igreja católica é preciso manter um “silêncio interior” aliado ao jejum e à abstinência de carne. Deve ser um dia de meditação, de contemplação do amor de Deus que nos “deu o seu filho único para que quem n’Ele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”. A todos os leitores, o colunista deseja uma Páscoa abençoada.

Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Os artigos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Agora Laguna.

Previous
Next

Útimas Notícias

Previous
Next