Divulgação

Uma situação desagradável e triste vivenciada por uma família na Vila Vitória, em Laguna, foi registrada nesta quinta-feira, 11. Após a morte de Antônio Manoel Gonçalves, 82 anos, os familiares, sem condições financeiras de arcar com o sepultamento, passaram a solicitar ajuda.

“Eles não têm condições de comprar nem o caixão”, comentou uma vizinha nas redes sociais. O pedido chegou ao Portal Agora Laguna e à Rádio Difusora, que buscaram formas de solucionar o transtorno e com o apoio de parceiros foi possível resolver a situação.

O caixão e os procedimentos de translado foram doados pela Funerária Cristo Rei, localizada no centro da cidade, ao lado da escola Almirante Lamego.

O idoso morreu por volta das 9h e o caso só foi resolvido no começo da tarde. Para deixar a situação ainda mais complicada, os familiares não conseguiram o atestado de óbito. “A médica que atende na Vila Vitória não deu, pois ele nunca havia sido atendido naquela unidade”, disse um vizinho por telefone à nossa reportagem.

Em contato com a Secretaria de Saúde, foi informado que “a médica da UBS [Unidade Básica de Saúde] do Magalhães forneceu o atestado”, para poder liberar o corpo em seguida.