Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Começa na quarta-feira, 10, a primeira fase da campanha nacional de vacinação contra a gripe. A imunização, inicialmente, é destinada a crianças de seis meses a seis anos incompletos, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) e estará disponível nos postos da Esperança, Campo de Fora, Magalhães, Mar Grosso e Passagem da Barra.

“A meta é imunizar até 90% do público-alvo”, comenta a coordenadora de imunização do município, Rosimari Nunes. Para agilizar no processo de cobertura vacinal do primeiro grupo, no dia 13, acontece o dia “D” de imunização com a abertura das cinco unidades citadas e também Cabeçuda, Ribeirão Pequeno, Caputera, Magalhães, Mar Grosso e Farol, em horário especial: das 8h às 17h.

Em relação aos anos anteriores, o Ministério da Saúde, coordenador da mobilização nacional, estendeu a faixa etária prioritária das crianças em um ano. Até 2018, eram vacinados aqueles que haviam completado cinco anos e agora, seis.

Demais grupos

Após o dia 22 de abril, a imunização será estendida aos demais habitantes da cidade. A meta da campanha é diminuir as complicações, internações e mortalidade causadas pelo vírus influenza no público-alvo. A vacinação acontece anualmente com modificações na composição da dose, que varia conforme o vírus circulante.

O grupo prioritário para se vacinar a partir do dia 22, são trabalhadores da área da saúde, idosos, professores das redes pública e privada, portadores de doenças crônicas (com atestado médico para indicar a necessidade da aplicação da vacina), adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional, povos indígenas e pessoas privadas de liberdade.

Assim como na primeira fase, o Dia D da campanha para todos os habitantes está previsto para 04 de maio (sábado), nas mesmas condições da mobilização que vai acontecer em 13 de abril.