Foto: Elvis Palma/Agora Laguna

Construído com um recurso de R$ 1.162 milhão, vindos dos cofres do Governo Federal, o Restaurante Escola, edificação inaugurada em 2016, em solenidade que contou com a presença do então governador Raimundo Colombo (2011-2017), está passando por diversos reparos em sua estrutura.

Situado às margens da avenida João “Marronzinho” Junior, o prédio vem sendo administrado há dois anos pela Udesc Laguna que assumiu a gestão do local por meio de convênio com a prefeitura municipal. No entanto, a universidade enfrentou diversos problemas para colocar a estrutura em funcionamento.

“Fizemos uma série de testes na estrutura e uma das primeiras providências que fizemos foi chamar o Corpo de Bombeiros para fazer uma vistoria para obtermos o habite-se da prefeitura”, comenta a nova diretora da Udesc Laguna, Patrícia Sunyê.

A partir daí, segundo a professora, foi descoberto que não existiam cópias ou sequer os originais das plantas de construção do espaço, assinados e aprovados junto ao governo municipal. A informação foi confirmada pela secretária de Planejamento Urbano, Silvânia Cappua Barbosa.

Falhas estruturais no sistema de gás e de ventilação, e, inclusive de iluminação, além de falta de recursos para a contratação de professores, impedem a utilização completa do espaço, que tem cerca de 500 metros quadrados. “Nada nunca foi usado, nem testado”, resume a docente.

A Udesc está usando o espaço para atividades referentes ao curso de engenharia de pesca. A meta é colocar o Restaurante Escola em pleno funcionamento após o término das reformas estruturais.

Ouça: Entrevista de Patrícia Sunye à Rádio Cidade FM, de Tubarão

Colaboração: Reginaldo Osnildo e Wanderson Andrade (Rádio Cidade FM)