Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna

Em uma segunda-feira de 1923, no mesmo dia 16 de abril, um grupo distinto de comerciantes e industriais de Laguna dava início à quinta mais antiga associação empresarial do estado de Santa Catarina. Saul Ulysséa, Francisco Fernandes Pinho, Constantino Garofalis, Oliveira Castro, Hormínio Faísca, Humberto Zanella, João e José Guimarães Cabral, foram os responsáveis por fundar a então Associação Comercial e Industrial de Laguna (Acil).

E lá se vão 96 anos. O mercado empresarial mudou e a Acil acompanha esse movimento, inclusive, alterando a denominação da associação, mas mantendo a sigla criada em sua fundação. A entidade conta hoje com 200 associados e nos últimos anos, tem como meta recuperar o crescimento empresarial e trazer novidades para a cidade.

“A Acil, como a gente sempre fala, é uma das entidades mais respeitadas da cidade e da região, até pelos 96 anos de dedicação ao desenvolvimento social e econômico. Estamos dando continuidade ao trabalho dos empresários que deram o start à essa ideia de associativismo que os empresários fundadores trouxeram para a cidade”, destaca o atual presidente da entidade, Patrik Paulino, empresário do ramo mercadista.

Prestes a assumir a presidência da entidade, o empresário Pedro David, salienta que a associação tem grande relevância na sociedade. “É uma entidade de classe que representa os empresários e comerciários da cidade e tem sua importância no fomento junto ao poder político na questão do desenvolvimento municipal. Acho que deveria ser mais valorizada pelas empresas da cidade e nós queremos mostrar que o associativismo dá certo e que precisa existir”, comenta.

Para o prefeito Mauro Candemil, que em seu discurso lembrou dos tempos em que visitava a sede da Acil ainda criança, a presença de empresários jovens à frente da associação é uma amostra da oxigenação do mercado. “Vim cumprimentá-los e prestigiar, para reforçar o interesse do município em ser parceiro no desenvolvimento da própria entidade e da cidade em geral”, conclui.

Dentre alguns feitos históricos da associação empresarial estão: a luta pela implantação da usina siderúrgica na década de 1940, que por veto do presidente Getúlio Vargas (1930-1945) não pôde ser levada à frente; participação na criação do Corpo de Bombeiros Militar; construção da estrada que liga a cidade à Jaguaruna e do antigo aeroporto municipal.

A Acil atua com os núcleos Empresarial Jovem, de Gastronomia, com vistas à formação de um grupo para abrigar os empresários do ramo da construção civil e da reativação do núcleo voltado à região da ilha. A associação possui participação em diversos conselhos municipais e cadeira em comitês de discussão regional, e em instituições como o hospital de caridade do município.

Foto: Luís Claudio Abreu/Agora Laguna