Sesc divulga as atrações culturais para o mês de março

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram

 112 visualizações,  4 views today

A unidade do Serviço Social do Comércio (Sesc) de Laguna divulgou na tarde desta sexta-feira, 1º, a programação cultural do mês de março para a população lagunense. Os espetáculos são gratuitos.

O destaque da sétima arte fica pela mostra cinematográfica “A poesia do cotidiano e das cidades”, de 07 a 10 de março, às 20h, e no teatro, o show da banda Mulamba deve atrair o público no dia 25, no mesmo horário.

As apresentações têm a bilheteria liberada uma hora antes de cada evento e acontecem no Cine Teatro Mussi. Outras informações: (48) 3644-0152.

Confira a programação para março
  • 07 a 10/03 às 20h – Mostra Cine Sesc: “A poesia do cotidiano e das cidades”
    Descrição: Estamos tão mergulhados em nossas rotinas cotidianas que pouco reparamos o quanto nosso cotidiano e nossa cidade estão imersos de poesia. Para superar essa dificuldade e ao mesmo tempo celebrar a descoberta e a reafirmação da poesia cotidiana que trazemos quatro filmes apaixonantes e detonadores da felicidade do instante. Um dos pontos que cabe destacar são o quanto esses filmes propõem uma relação de contemplação com a vida e estabelecem uma desconstrução do nosso olhar frente a um cotidiano onde a velocidade engole nossas percepções e esmorece nossa capacidade crítica e sensível do mundo. Acompanhe os filmes programados:

    • 07/03 – “Paterson”
      Sinopse: 
      Na cidade de Paterson, em Nova Jersey – EUA, um pacato motorista (Adam Driver) vira um personagem conhecido por se destacar em uma arte diferente da condução de veículos. Nas horas vagas, o rapaz gosta de escrever belas poesias em seu caderninho. Direção: Jim Jarmusch, Drama/Romance – EUA, 2016 – 113. Classificação: 10 anos.

    • 08/03 – “O sabor da vida”
      Sinopse: Sentaro dirige uma pequena padaria que serve dorayakis – bolos recheados com pasta doce de feijão vermelho. Quando Tokue, uma senhora de idade, se oferece para ajudar na cozinha, ele relutantemente aceita. Mas Tokue prova ter mágica em suas mãos quando se trata de fazer “AN”. Graças à sua receita secreta, o pequeno negócio logo floresce e, com o tempo, Sentaro e Tokue abrem seus corações, revelando velhas feridas. Direção: Naomi Kawase, Drama – FRA, ALE, JAP, 2015 – 113’. Classificação: 14 anos.
    • 09/03 – “Columbus”
      Sinopse: Casey (Haley Lu Richardson) vive com sua mãe em uma cidade pouco conhecida e assombrada pela promessa de modernismo. Jin (John Cho), um visitante do outro lado do mundo, visita seu pai que está quase falecendo. Sobrecarregados pelo peso do futuro, eles encontram refúgio um no outro e na arquitetura que os rodeia. Direção: Konogada, Drama/Romance – EUA, 2016 – 104’. Classificação: 14 anos.
    • 10/03 – “O que está por vir?”
      Sinopse: Nathalie (Isabelle Huppert) é professora de filosofia, tem dois filhos que pouco vê e um marido também docente, seu companheiro há 25 anos. Entre trocas de ideias com o pupilo anarquista, ligações insistentes da mãe solitária e piquetes de alunos, ela leva uma vida tranquila. Mas tudo está para mudar. Direção: Mia Hansen-Love, Drama – FRA, ALE, 2016 – 98’. Classificação: 14 anos.
  • 13/03 às 20h – Filme “Nome Próprio”
    Sinopse: Camila (Leandra Leal) tem a escrita como sua grande paixão. Intensa e corajosa, ela busca criar para si uma existência complexa o suficiente para que possa escrever sobre ela. Ela escreve compulsivamente em um blog, só que isto faz com que também fique isolada e que só consiga ver duas opções na vida: se matar ou encontrar o grande amor – o que vier primeiro. Direção: Murilo Salles, Drama – BRA, 2007 – 120’ Classificação: 18 anos.
  • 17/03 às 16h e 20h – Filme “Abril e o mundo extraordinário”
    Sinopse: Em 1941, a França, ainda em um estado atrasado de desenvolvimento, presa ao século dezenove, é governada por Napoleão V. Durante um período de 70 anos, uma coisa peculiar vem acontecendo: cientistas franceses desaparecem misteriosamente sem que ninguém saiba por qual motivo. As coisas mudam quando os pais de Abril (Marion Cotillard), dois cientistas, somem e a filha decide ir à procura dos dois. Direção: Franck Ekinci, Christian Desmares, Animação – CAN, 105’. Classificação: Livre.
  • 18/03 às 14h e 16h – Baú de Histórias: “Maracá” – Cia. ContaCausos”
    Sinopse: Era uma vez uma menina e um pé de cabaça. A cabaça era encantada: Virava casa de passarinho, cuia de chimarrão, instrumento musical, berimbau, esconderijo e belo embornal. Maracá é a voz que canta dentro da cabaça e através das histórias a mistura que é o povo brasileiro. O Encanto de toda cabaça é vontade de explodir e espalhar o seu canto por aí. Direção: Josiane Geroldi – Duração: 45’. Classificação: Livre (a partir de 6 anos).
  • 20/03 às 20h – Filme “Abril e o mundo extraordinário”
    Sinopse: Verão de 2010 em Túnis, na Tunísia, alguns meses antes da Revolução de Jasmim. Enquanto o regime de Ben Ali cai, Farah (Baya Medhaffer), uma garota de 18 anos, se junta a uma banda de rock politizada e descobre o álcool, o amor e os protestos. Indo contra a vontade da mãe, Hayet (Ghalia Benali), que conhece os tabus do país, Farah mergulha cada vez mais nesse mundo, sem suspeitar do perigo de um regime político que a observa e se infiltra na sua privacidade. Para proteger a filha, Hayet fará o que for preciso, inclusive, reviver as feridas da sua própria juventude. Direção: Leyla Bouzid, Drama – FR, 2017 –  106’. Classificação: 16 anos.
  • 24/03 às 16h e 20h – Filme “Valente”
    Sinopse: A princesa Merida deve seguir os costumes do seu reino e tomar-se rainha ao lado do cavalheiro que conseguir a sua mão durante um torneio de arco e flecha. Mas Merida está determinada a trilhar o seu próprio caminho e desafia a tradição ancestral. Direção: Brenda Chapman, Mark Andrews, Animação/Aventura, EUA, 2012 – 93’. Classificação: Livre.
  • 25/03 às 20h – Rede de Teatros Sesc – “Mulamba”
    Sinopse: Mulamba é uma banda curitibana que pulsa força e poesia, unindo influências que vão do rock à música erudita. Juntas desde dezembro de 2015, Amanda Pacífico (voz), Cacau de Sá (voz), Caro Pisco (bateria), Érica Silva (baixo, guitarra e violão), Fer Koppe (violoncelo) e Naíra Debértolis (guitarra, baixo e violão) são contundentes em reiterar os anseios e as inquietações. Classificação: 16 anos.
  • 26/03 às 20h – Diálogos Urgentes – Documentário “Construindo Pontes”
    Sinopse: Dirigido e fotografado pela premiada cineasta curitibana Heloisa Passos, parte da relação entre a diretora e seu pai, engenheiro desenvolvimentista que gerenciou grandes obras públicas no auge do regime militar brasileiro. Ela, diretora de fotografia e realizadora, mulher lésbica, militante. Duração: 73’, 2017. Direção: Heloisa Passos. Classificação: Livre.
  • 27/03 às 20h – Filme: “A academia das musas”
    Sinopse:Questionado por sua esposa sobre a abordagem pedagógica que pretende adotar no curso “A Academia de Musas”, sobre a reforma do mundo pela poesia, um professor de filologia fala da mítica figura das musas que inspiram escritores a criar algo inexistente. Mas o projeto toma rumos inesperados quando o professor se envolve com algumas alunas. Direção: José Luis Guerin, Drama – ES, 2016 – 92’. Classificação: Livre.
  • 31/03 às 16h e 20h – Filme clássico do mês: “Do mundo nada se leva”
    Sinopse: Alice deseja apresentar Tony, seu noivo, à sua família, mas como ele provêm de uma família rica e a sua é composta de pessoas um tanto lunáticas, há um choque de comportamentos. Anthony P. Kirby, o pai do seu noivo, já comprou todos os imóveis da região onde a família de Alice vive para um importante empreendimento, com exceção da casa de Alice. Sem este imóvel o projeto não pode ir adiante e, como há uma recusa em vender, este posicionamento gera um clima desfavorável entre as duas famílias. Direção: Frank Capra, Drama/Romance – EUA, 1939 – 126’. Classificação: Livre.

Notícias relacionadas